Maior produtora de carne da Europa começará a produzir alternativa vegana


Por Rafaela Damasceno

A Danish Crown, uma das maiores produtoras de carne da Europa, suspenderá as mortes dos porcos em uma de suas instalações da Alemanha e tem planos de começar a produzir carnes e hambúrgueres veganos.

Um porquinho
Imagem ilustrativa | Foto: TRIOAKFOODS/FACEBOOK

A empresa é a maior produtora de carne de porco da Europa e essa novidade gerou várias especulações. Segundo a Agribusiness Intelligence, as mortes só irão parar porque a unidade da empresa não pode exportar para a China, e a Just Food disse que a Danish Crown confirmou que estava matando porcos em excesso.

Independentemente dos motivos, a Vegconomist acredita que a crescente demanda por produtos de origem vegetal e a diminuição da procura por alimentos derivados dos animais influenciou na decisão. Para o site, é muito claro que a Danish Crown está tentando uma abordagem livre de crueldade ao produzir carnes veganas pensando no futuro.

Futuro lucrativo

O UBS Group AG, um banco de investimento multinacional e empresa de serviços financeiros, previu que o mercado de proteína de origem vegetal valerá 85 bilhões de dólares (mais de 318 bilhões de reais) em 2030.

Segundo a Bloomberg, a capacidade de criar alimentos que imitam carnes, ovos e produtos lácteos (liberando menos gás carbônico e sem a necessidade de matar animais) se tornará mais financeiramente viável na próxima década.

Nota da redação: A atitude da empresa é positiva, mas as mortes pararam em apenas uma instalação. Milhares de animais continuam sofrendo e morrendo e o ideal seria suspender todas as produções dos produtos de origem animal. O veganismo é um estilo de vida e adotá-lo implica comprometimento, respeitando os animais em todos os sentidos e condenando qualquer tipo de exploração. As empresas deveriam se aliar à ética e ao reconhecimento dos direitos animais, ao invés de pensar em atender a demanda vegana apenas por lucro.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>