Guaxinim prende a cabeça em bueiro e é salvo por bombeiros nos EUA


Um guaxinim ficou com a cabeça presa em um bueiro nos Estados Unidos e foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros. O acidente aconteceu na cidade de Newton, no estado de Massachusetts.

Foto: @NewtonFireDept/Twitter

A corporação da cidade que atendeu ao chamado de resgate do animal silvestre informou que a ação contou com a ajuda de funcionários do setor de controle animal de Newton. As informações são do G1.

Para salvar a vida do guaxinim, a equipe de resgate removeu a tampa do bueiro e, com cautela, retirou a cabeça do animal, libertando-o.

Outro caso

Neste mês de julho, outro guaxinim foi resgatado nos Estados Unidos. Encontrado na floresta, ele estava com a pata presa em uma lata de refrigerante irresponsavelmente descartada no local. O animal quase perdeu o membro, que estava bastante inchado no momento do resgate.

O pobre animal foi encontrado na mata lutando para andar e comer com a pata presa na lata afiada.

Equipes de resgate de animais foram chamados para a floresta em Collins, Nova York, EUA, e o guaxinim foi levado às pressas para um veterinário.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>