PIONEIRO

País de Gales abre seu primeiro supermercado vegano

O estabelecimento vende produtos frescos e orgânicos, além de promover eventos que incentivam a vida saudável e sustentável

Por Rafaela Damasceno

O País de Gales recentemente inaugurou o seu primeiro supermercado vegano, no Reino Unido, chamado Kind Earth (Terra Gentil). O estabelecimento abriu depois de receber uma concessão do Conselho do Condado de Carmarthenshire.

Várias pessoas comendo comidas saudáveis em baixo de um toldo
Foto: Livekindly

O supermercado vende alimentos veganos orgânicos cultivados localmente. Entre os produtos, também são oferecidos cupcakes, biscoitos, tortas, pastéis, salgadinhos, petiscos de cachorros – tudo vegano.

Também é oferecido aos clientes as “beebombs” (bombas de abelha), que é uma mistura de 18 sementes de flores britânicas misturadas no solo fino e um pouco de argila local. Elas não são para comer: devem ser espalhadas no chão para criar uma espécie de unguento que atrai e sustenta as abelhas.

Em seu Instagram, o Kind Earth declarou que ama as abelhas e que mal poderia esperar para comercializar as beebombs, para que pudessem ajudar a biodiversidade da região. Elas também serão oferecidas como um bônus, dependendo do gasto do cliente.

Além de vender produtos veganos, o estabelecimento também se esforça para se ver livre do plástico – apenas sacolas de papel são oferecidas aos compradores. O local administra um esquema de reciclagem e promove eventos e oficinas sobre sustentabilidade.

“A loja não é só um supermercado vegano, ela também oferece aos clientes iniciativas que podem nos tornar uma comunidade mais sustentável e saudável”, afirmou o dono Kind Earth, Matt Rogerson.

A inauguração de estabelecimentos veganos demonstra o crescimento da demanda. As pessoas estão procurando cada vez mais por alimentações saudáveis e se comprometendo com estilos de vida livres de crueldade.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui