PROVA DE AMOR

Homem oferece um terreno e uma casa para quem encontrar sua cachorrinha perdida

Eddie Collins tem procurado incessantemente por sua cachorrinha Jenny há dois meses sem sucesso, agora ele espera que o gesto atraia atenção das pessoas e o ajude a encontrá-la

Foto: KVOA
Foto: KVOA

O amor que nasce da relação entre um ser humano e seu cachorro é um dos mais belos sentimentos que podem ser experimentados. Capazes de um amor incondicional e incomparável, os animais oferecem lealdade e afeto sem pedir nada em troca. E ao perder esses companheiros, o vazio deixado por eles, muitas vezes é desesperador.

Inspirado por esse amor e pela falta de sua cachorrinha querida, é que um homem que vive em Arizona, nos Estados Unidos está oferecendo tudo o que ele possui para recuperar sua melhor amiga.

Eddie Collins tem procurado por sua cachorrinha “Jenny” todos os dias nos últimos dois meses desde que Chihuahua, de 2 anos de idade, desapareceu em abril. Infelizmente sua oferta de recompensa em dinheiro não retornou nenhuma pista sólida.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

“Eu preciso de sua ajuda Tucson”, disse ele. “Eu realmente vou ficar feliz se vocês a trouxerem de volta para mim.”

Sexta-feira, ele aumentou a aposta, oferecendo um pedaço de terra com uma casa de um quarto para qualquer um que o ajude a encontrar Jenny.

“Estou disposto a dar a terra, o trailer, a oficina, tudo de forma clara e livre, sem perguntas. Eu só quero ter a Jenny de volta”, disse ele à KVOA-TV.

Ele espera que o gesto de desprendimento não passe despercebido para que ele consiga sua cachorrinha de volta.

“Para mim, isso não se trata de coisas materiais, é sobre ela”, disse Collins.

Casos semelhantes

Em Portugal, um homem identificado como Milton Alves, foi em diversos veterinários para tentar salvar a vida de sua cadela, Myna, da raça dogue alemão.

Milton Alves colocou à venda o carro, um volkswagen Golf, para conseguir o dinheiro da cirurgia, mas quando alguns de seus amigos souberam o que ele tinha feito, criaram uma conta solidária, para que ele pudesse salvar a cadela e manter o carro que tanto gosta.

Myna foi operada do coração, numa cirurgia que durou mais ou menos três horas. A cachorrinha ainda teve de ser operada duas vezes. Milton explica que quando foi busca-la, viu que alguma coisa não estava bem com ela, e mais tarde vendo que ela não melhorava voltou à clínica. O quadro de saúde da cadela se complicou e o veterinário aconselhou levar o animal para a cidade do Porto, contatando antes o hospital, para estarem preparados para receber Myna.

Milton confessou que já teve problemas com ela, pois quando Myna era mais nova, nem tinha forças para se segurar nas patas traseiras. Mas o seu amor pela amiga de quatro patas nunca diminuiu, apenas cresceu, Milton até esta pronto a se desfazer do carro para ajudar a cadela.

O carro já tem um comprador e o negócio está em vias de ser fechado, mas está ele está aguardando por uma eventual solidariedade vinda de terceiros, para ver se consegue manter o carro, mas afirma em relação isso: “Meus amigos sabem que gosto do carro, mas gosto ainda mais da Myna”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui