Cachorrinha é abandonada após quebrar a perna


Foto: MSPCA
Foto: MSPCA

Criadores de animais nada mais são que exploradores de animais que os comercializam como se fossem produtos e tiram vantagem de seus atributos naturais, precificando-os e reproduzindo-os como mercadorias.

Tahani, uma cachorrinha sem raça definida mistura de lulu da pomerânia com husky siberiano de apenas 3 meses, nasceu de um desses criadores ambiciosos e estava prestes a ser vendida quando de alguma forma ela quebrou a perna. A lesão foi bastante severa e, quando o criador percebeu que não seria mais capaz de vender o filhote, Tahani foi entregue ao centro de adoção da MSPCA em Boston.

A partir do momento em que chegou ao abrigo, todos ficaram impressionados com a beleza do filhote. Um cão nascido dessas duas raças é uma mistura bastante rara de se encontrar, e apesar de Tahani estar com muita dor, ela ficou olhando para todos os seus novos amigos com seus grandes olhos azuis, tão grata a todos por ajudá-la.

Foto: MSPCA
Foto: MSPCA

“Ela estava em excelente estado, exceto pela fratura na perna, que era uma fratura séria e provavelmente causou muita dor ao animal no momento em que ocorreu, então a equipe veterinária do abrigo a colocou imediatamente em analgésicos intravenosos antes de avaliar se ela precisava de cirurgia para ajudar na recuperação da fratura, ou se ela se curaria por conta própria, a cachorrinha precisaria usar uma tala por várias semanas”, disse Rob Halpin, diretor de relações públicas da MSPCA, ao The Dodo.

Depois de fazer alguns raios-x, foi determinado que a pequena Tahani não precisava de cirurgia, desde que os veterinários pudessem colocar uma tala em sua perna, monitorá-la de perto e controlar sua dor. Ela passa por troca de curativos, bandagens e avaliações toda semana, e está se curando muito bem até agora, para a alegria de todos que a conhecem.

Apesar de tudo o que ela está passando, Tahani permaneceu doce e brincalhona, e a agitada cadelinha mal parece notar que está usando uma tala.

Foto: MSPCA
Foto: MSPCA

“Para ela, a vida é uma aventura e Tahani não permite que a natureza lenta e desajeitada de seu andar (temporário) a incomode”, disse Halpin. “Ela é uma cachorrinha muito feliz.”

Atualmente, Tahani está em um lar temporário concedido por um dos funcionários do centro de adoção, mas ela ainda visita todos os seus novos amigos do abrigo com frequência por causa de seus exames médicos, e conquista seus corações um pouco mais mais a cada visita. Ela é tão corajosa e cheia de vida, e não é difícil ver que cachorra maravilhosa ela será para a família de muita sorte que a adotá-la.

Foto: MSPCA
Foto: MSPCA

“Ela é um filhote apenas, então ela adora brincar e explorar tudo e ela absolutamente ama ganhar atenção”, disse Halpin. “Ela vai buscar amor e carinho de todos que ela conhece e é provável que seja encontrada aninhada no ombro de alguém que a pegou no colo e decidiu nunca colocá-la no chão porque ela é uma campeã mundial em amar carinhos”.

Foto: MSPCA
Foto: MSPCA

Como Tahani está indo muito bem em seu caminho para a recuperação, o abrigo já publicou um post sobre ela, incentivando as pessoas a se candidatarem a adotá-la – e a adorável cachorrinha já recebeu mais de 100 pedidos.

Todos estão tão felizes que ela terá um lar e uma família especial em breve, porque depois de tudo o que ela passou, ela mais do que merece.

Foto: MSPCA
Foto: MSPCA

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPANHIA

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>