Filhotes de cachorro são abandonados dentro de micro-ondas no DF


Cinco filhotes de cachorro foram encontrados dentro de um micro-ondas no Distrito Federal. Os animais foram abandonados nas proximidades de um condomínio rural no Incra 9, em Ceilândia, e estavam sem água e ração.

Foto: Walace Gomes/Arquivo pessoal

Trata-se de quatro machos e uma fêmea. Todos foram resgatados e três deles ainda aguardam por um lar. Os outros dois já encontraram adotantes.

A estudante Plínia Evely contou ao G1 que foi o irmão dela, de 26 anos, quem encontrou os cães na última segunda-feira (22). “Meu irmão estava indo dar comida a outros cachorros de rua, quando viu os filhotes”, disse. “Eles estavam largados no frio. A gente montou um cercadinho e depois deu água, comida e aplicou o vermífugo”, completou.

O abandono de animais na região é comum e deixa Plínia indignada. “A gente faz o que pode, o restante dos seres humanos que não estão colaborando”, afirmou.

Os irmãos decidiram disponibilizar os filhotes para adoção porque já são tutores de cinco animais, o que os impede de adotar os filhotes. Interessados em adotá-los devem procurar membros do grupo “Resgates em Brasília”, no Facebook.

Punições mais severas

Uma nova legislação, que entrou em vigor no ano passado no Distrito Federal, estabelece multa de até 40 salários mínimos a quem cometer maus-tratos a animais – o que corresponde a mais de R$ 38 mil.

Foto: Walace Gomes/Arquivo pessoal

O texto, que altera uma lei de 2007, define com mais clareza as situações que configuram maus-tratos. O abandono está entre os casos de violência contra animais que podem ser punidos.

A nova lei considera maus-tratos todos os atos que “atentem contra a liberdade psicológica, comportamental, fisiológica, sanitária e ambiental”.

No Distrito Federal, é possível denunciar casos de crueldade contra animais através dos telefones 197 ou (61) 3207-4856.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>