Milhares de animais são resgatados em ação de combate ao tráfico internacional


Foto: Kerek Wongsa/Reuters
Foto: Kerek Wongsa/Reuters

Equipes policiais do mundo todo resgataram milhares de animais selvagens, incluindo primatas e grandes felinos, e prenderam cerca de 600 suspeitos em uma operação contra o tráfico de animais silvestres, informou a Interpol.

Cobrindo 109 países, a operação foi realizada em coordenação com a Organização Mundial de Aduanas (OMA), os investigadores concentraram-se em rotas de tráfico e pontos usuais de crimes, disse o órgão internacional de investigação criminal.

A operação Thunderball, sediada em Cingapura, tinha como alvo redes de crime internacionais que buscavam lucrar com atividades de contrabando de animais selvagens. Foi a terceira missão desse tipo realizada pela Interpol nos últimos anos.

Uma porta-voz da Interpol disse que a polícia tem 582 suspeitos, com novas detenções e processos devidos. Entre os animais resgatados estavam 23 primatas, 30 grandes felinos, mais de 4.300 aves, quase 1.500 répteis vivos e cerca de 10 mil tartarugas terrestres e marinhas, informou a organização.

Eles também confiscaram 440 presas de elefante e um adicional de 545 quilos de marfim, disse a organização, apontando para um florescente comércio de animais silvestres online.

Na Espanha, 21 pessoas foram presas graças a uma investigação online e, na Itália, uma investigação semelhante levou a polícia a resgatar 1.850 aves.

“O crime contra a vida selvagem não apenas saqueia o meio ambiente, roubando seus recursos, mas também tem outros impactos por meio da violência associada, lavagem de dinheiro e fraude”, disse o secretário geral da Interpol, Jürgen Stock.

A Interpol disse que ligeiros declínios nos resgates de certas espécies são um sinal de que os esforços contínuos de fiscalização estavam funcionando e que os níveis de conformidade com as leis estavam melhorando.

“É vital que impeçamos os criminosos de colocar nossos meios de subsistência, nossa segurança, a economia e a sustentabilidade do nosso planeta em risco explorando ilegalmente a flora e a fauna silvestres”, disse Ivonne Higuero, secretária-geral do CITES, um tratado internacional criado para proteger animais e plantas silvestres.

A Interpol já havia realizado uma repressão em larga escala semelhante a essa operação em 2017 e 2018, o que gerou apreensões no valor de vários milhões de dólares.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ABRAÇO ANIMAL

DENÚNCIA

JAPÃO

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>