Sobrevivente de câncer reencontra cão que foi roubado dela há três anos


Foto: Ana Campos
Foto: Ana Campos

Um cão leal finalmente encontra sua tutora amada que nunca parou de procurar por ele, embora Semper tenha desaparecido há três anos.

E a história de como eles conseguiram se encontrar novamente além de real, é épica.

O cão da raça husky siberiano entrou pela primeira vez na vida de Kameroun Mares no momento em que ela mais precisava de amor e companheirismo.

Mares estava fazendo tratamento para leucemia linfoblástica aguda. Foi logo após a quimioterapia no verão de 2013 que ela conheceu o jovem cão e decidiu torná-lo parte de sua família.

Foto: Ana Campos
Foto: Ana Campos

Ela o batizou de Semper Fidelis – “Sempre fiel” em latim – e o chamava de Semper.
“Ele sempre foi fiel a mim”, disse Mares ao The Dodo. Mas, por mais fiel que Semper fosse, algo ainda conseguiu separar Mares de seu amado cão.

Em 2016, Mares teve que ir para a Califórnia (ela morava na Flórida) para tratamentos médicos adicionais e sua colega de quarto na época concordou em cuidar de Semper. Mas Mares recebeu um telefonema da amiga que ela nunca esperava. “Ela me disse que ele havia desaparecido”, conta Mares.

Quando ela voltou, procurou por toda parte por Semper. Mesmo quando ela teve que se mudar para a Califórnia no final daquele ano, ela continuou contatando abrigos na Flórida procurando incansavelmente por ele.

Foto: Ana Campos
Foto: Ana Campos

“Durante um ano, continuei procurando mesmo morando na Califórnia, postando em sites de animais perdidos, ligando para as 15 clínicas veterinárias onde eu costumava levá-lo quando morava lá, ligando para ONGs, abrigos”, disse Mares. “[Eu] postei informações sobre ele no Facebook, fóruns de cães perdidos, páginas e grupos. Todos os dias eu esperava por um telefonema de alguém falando que o encontrou. Seu microchip estava registrado em meu nome desde que ele tinha 3 meses, eu ainda não tinha notícia alguma. Eu estava preocupada com ele, e sentia muito sua falta”.

Foi quando Mares decidiu pedir ajuda. Ela contratou uma investigadora particular, Ana Campos, para ajudar a rastrear seu amado cão.

“Ela comprou uma inscrição vitalícia no AKC Reunite (registro de microship)”, disse Campos ao The Dodo.

Foto: Ana Campos
Foto: Ana Campos

“Um ano depois, alguém sugeriu que ela checasse seu chip AKC Reunite novamente.

Então ela foi para a Humane Society em maio de 2017 e eles verificaram on-line. Foi quando ela descobriu que um ano antes, em 11 de abril de 2016, uma mulher adicionou seu nome ao chip de Semper”.

Aparentemente, a outra empresa de chips não verificou se um proprietário já estava registrado no chip de Semper. Campos descobriu que alguém havia colocado Semper na Craigslist à venda por 200 dólares e é por isso que ele nunca apareceu, apesar de toda a busca de Mares.

Finalmente, no outro dia, Semper se reuniu com Mares – e tanto o cachorro quanto Mares ficaram emocionados. Mares começou a chorar de alegria e Semper ficou tão excitado que não conseguia parar de pular.

“Ser capaz de desempenhar um papel nesta reunião tão bonita e estar presente nesse momento foi um dos melhores dias da minha vida”, disse Campos.

Semper está se acomodando muito bem em sua família, fazendo longas caminhadas em torno de seu novo bairro na Califórnia e se divertindo com Mares (cujo câncer está felizmente em remissão).

“Ele ainda se lembra de seus comandos e truques que eu ensinei a ele”, disse Mares.

“Meu favorito especial é o comando ‘vá para casa’ … digo-lhe: ‘Semper, vá para casa. Onde está a casa? Vá para casa'”. E Semper encontra a porta exata.

“Eu o vejo como uma extensão de mim e do meu coração”, disse Mares. “Estou feliz por tê-lo de volta em meus braços”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>