Imagens de câmera de segurança flagram vândalos invadindo reserva natural e maltratando animais


Foto: CBS
Foto: CBS

As autoridades estão em busca de vândalos que danificaram uma reserva natural de Long Island, nos Estados Unidos, perseguindo e assediando os animais no local, e em determinado momento forçando uma cabra a beber cerveja de uma garrafa.

A Equipe de Operações Especiais da Divisão de Guarda-Parques do Departamento de Segurança Pública de Smithtown está buscando ajuda para encontrar os quatro criminosos que invadiram a Reserva Natural de Sweetbriar em Smithtown, Long Island, e danificaram as instalações do local.

Enquanto estiveram na propriedade, que abriga cerca de 100 animais, os homens abriram gaiolas, subiram em um curral e perseguiram os animais residentes da reserva.

Os vândalos também filmaram a si mesmos segurando uma garrafa de cerveja e virando na boca de uma cabra, informou o canal News 12 Long Island.

A diretora da reserva Sweetbriar Nature Center, Janine Bendicksen, disse à CBS New York que estava “furiosa e enojada” com as ações dos vândalos.

Foto: CBS
Foto: CBS

Autoridades de preservação da natureza disseram que as ações dos vândalos naquela noite foram capturadas por uma câmera de trilha escondida, que os criminosos encontraram e depois tentaram destruir o equipamento, jogando-a em um lago na propriedade.

No vídeo de vigilância, obtido pela CBS New York, um dos homens pode ser ouvido dizendo: “Basta pegar todo ele (equipamento)”, enquanto outro homem diz a ele: “Estou jogando na água. Não se preocupe”.

Foto: Smithtown Public Safety Department
Foto: Smithtown Public Safety Department

Os homens não pareciam ter qualquer motivo para preocupação até a semana passada, quando uma inspeção rotineira da qualidade da água na lagoa levou a um trabalhador a encontrar a câmera na água e a recuperar o vídeo de vigilância, embora o cartão de memória da câmera tenha sido corroído, foi possível recuperar as imagens.

Foto: Smithtown Public Safety Department
Foto: Smithtown Public Safety Department

“Ah, eles definitivamente pensaram que se safariam disso”, disse a diretora do Sweetbriar Nature Center, Janine Bendicksen, à CBS New York, acrescentando que “eles ficarão extremamente surpresos quando seus rostos aparecerem no noticiário”.

As pessoas vistas na filmagem da câmera de vídeo podem enfrentar acusações de danos criminais, pequenos furtos e crueldade com animais.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SEGUNDA CHANCE

INSPIRAÇÃO

DESCARTE IRRESPONSÁVEL

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>