CIDADANIA

PL quer que serviços comunitários também sejam realizados em abrigos de animais

Projeto pode estimular um outro olhar em relação aos animais (Foto: Rodrigo Philipps/Agencia RBS)

Por David Arioch

Projeto pode estimular um outro olhar em relação aos animais (Foto: Rodrigo Philipps/Agencia RBS)

Apresentado na última terça-feira, um projeto de lei defende que a prestação de serviços comunitários também seja realizada em abrigos de animais.

A proposta do deputado Célio Studart (PV-CE) é uma reação ao fato de que no Brasil normalmente não é oferecida a possibilidade para que, em caso de obrigatoriedade de realização de serviços comunitários, a prestação seja feita também em espaços voltados à proteção animal.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

“O objetivo é fazer com que os abrigos de proteção animal também estejam elencados no rol de locais em que a prestação de serviços à comunidade possa ser realizada. A medida alia esta importante ferramenta do Código Penal à proteção animal”, argumenta o deputado. Outro ponto positivo da medida é a possibilidade de estimular um outro olhar em relação aos animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui