Pesquisadores encontram animais antes considerados extintos em Honduras


Um grupo de pesquisadores encontrou em Honduras várias espécies raras de animais, outras que se acreditava estarem extintas e uma aparentemente desconhecida. As descobertas foram feitas nas ruínas milenares de um assentamento que alguns acreditam ser a chamada Cidade Branca, também conhecida como “Cidade Perdida do Deus Macaco”, na floresta de La Mosquita.

Sapo de vidro (Foto: Trond Larsen)

Os animais foram encontrados durante uma expedição organizada pela “Conservation International”, com o apoio do governo de Honduras. As informações são do G1.

Uma das zonas menos exploradas das florestas da América Central, a La Mosquita é a maior área protegida de Honduras e tem 350 mil hectares. Segundo os biólogos da expedição, o local conta com uma biodiversidade “excepcional”, com aves, mamíferos, insetos, peixes, anfíbios e plantas – o que, para os especialistas, indica que a floresta está “intacta e saudável”

“Nossas descobertas enfatizam o papel fundamental da conservação dos ecossistemas intactos da Cidade Branca para garantir a conectividade da paisagem e a continuidade a longo prazo de espécies ameaçadas”, diz um comunicado da “Conservation International”.

Morcego de cara pálida (Foto: Trond Larsen)

“Em geral, nossas descobertas mostram que a área tem importância ambiental e arqueológica global”, disse Trond Larsen, diretor do Programa de Avaliação Rápida da “Conservation International”.

“Com esse conhecimento em mãos, as partes interessadas podem agora começar a desenhar e implementar estratégias de conservação para proteger esse ecossistema.”


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>