Maiores padarias de Israel estão abandonando os ovos e se tornando veganas


Foto: Marc Israel Sellem
Foto: Marc Israel Sellem

A Vegan Friendly entrou em contato com algumas das maiores redes de padaria do país do Oriente Médio para ajudá-las a recriar suas receitas sem o uso de produtos de origem animal.

La Farina, Mr. Donuts, Davidovich, Lehamim, Biga, Neeman, Biscotti, Piece of Cake, Antikovich, Gold Cookies e Roladin, a maior rede de padaria de Israel com 81 filiais, participaram da iniciativa.

La Farina introduziu um bolo vegano de chocolate em seus 15 locais. O novo item economizará 12 mil ovos, 370 litros de leite de vaca e 250 quilos de manteiga a cada ano.

A Mr. Donut – que fornece milhares de donuts a cafés, lanchonetes, hotéis e salões de banquetes todos os dias – se comprometeu a tornar-se totalmente vegana depois da Páscoa. A decisão vai economizar para a empresa cerca de 200 mil ovos por ano.

A certificação da Vegan Friendly agora aparece em quase 5 mil produtos em Israel.

Visão vegana

A organização sem fins lucrativos explicou ao jornal ISRAEL21c que os produtos de origem animal não são necessários para que os assados sejam saborosos e vendam bem.

“Consultamos especialistas e eles disseram que não havia motivo para muitos produtos não serem veganos. Ovos, manteiga e leite estão lá apenas por tradição e hábito ”, disse o fundador da Vegan Friendly, Omri Paz, à publicação.

A Vegan Friendly descobriu que não precisava convencer as empresas a se envolver, já que atualizar as receitas para ser vegano geralmente torna os produtos mais baratos e saudáveis.

Foto: Livekindly
Foto: Livekindly

O movimento também torna os itens disponíveis para uma gama mais ampla de pessoas, incluindo aquelas com alergias a laticínios ou ovos e clientes kosher à procura de produtos parve (sem laticínios ou carne). O serviço prestado pelo Vegan Friendly também é gratuito.

Paz apontou que grandes redes de padaria não se comprometeriam com a troca se as receitas não tivessem um sabor tão bom, ou melhor, até que o original.

A mudança não é demorada, geralmente levando apenas de uma a três visitas até que a empresa esteja satisfeita com o novo produto livre de animas. O Vegan Friendly trabalha com o chef de pastelaria premiado Tal Hausen para reestruturar as receitas.

Hausen treinou em Paris e fez sobremesas para a família real britânica, incluindo aniversários para a rainha. Hausen ganhou um prêmio pelo melhor chef de pastelaria em Londres em 2011, enquanto trabalhava na culinária vegana.

Paz quer levar o projeto da Vegan Friendly ainda mais longe. “No momento, estamos nos concentrando em padarias. Quando chegamos a um ponto em que 60% a 70% dos doces em Israel passarem a ser veganos, passamos para outros produtos ”, disse ele. “Eu realmente acredito que este projeto será um divisor de águas”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO

AMOR PROFUNDO

ÍNDIA

RESGATE

ASFIXIA

NECROPSIA

SAUDADE

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>