Cão com expressão de tristeza no olhar comove casal que cruza o país para adotá-lo


Foto: Jessica Williams
Foto: Jessica Williams

Quando Jessica Williams e seu namorado, Jared, se mudaram para um apartamento que permitia cães, eles não hesitaram em planejar adotar um filhote. Jessica estava tão animada que começou a procurar na internet em vários abrigos.

Foi então que Jessica se deparou com um cachorro que comoveu seu coração ao extremo, um animal que obviamente precisava de ajuda imediata.

Benji foi resgatado das ruas de Los Angeles (EUA) e levado para um grande abrigo público. O filhote era incrivelmente cauteloso com as pessoas, assustado, arredio e sofria de uma alergia severa a pulgas, o que o fez com que ele perdesse a maior parte de seu pelo.

Foto: Jessica Williams
Foto: Jessica Williams

“Ele estava no abrigo há 10 dias e não estava lidando bem com a situação ou com o ambiente”, disse Williams. “Eu nunca tinha visto um cachorro tão triste e sabia que não poderíamos deixá-lo lá”.

Williams e seu namorado moram em Sacramento e Benji estava em Los Angeles, uma distância considerável separa as duas localidades, mais de 600 km. Então o casal levou seis horas para chegar até ele e conseguir adotá-lo.

Foto: Jessica Williams
Foto: Jessica Williams

De alguma forma, eles sabiam que o cachorro valeria a pena.

Foi amor à primeira vista

Quando a família chegou ao abrigo, eles expressaram seu interesse pelo animal deprimido. No entanto, os voluntários não pareciam ter muita fé em Benji e tentaram persuadir o casal a adotar outro cão.

Apesar da natureza distante e reservada de Benji e das advertências do abrigo, o casal decidiu dar uma chance ao filhote.

Foto: Jessica Williams
Foto: Jessica Williams

A viagem de carro de volta a Sacramento foi difícil, pois Benji ainda estava muito confuso sobre o que estava acontecendo. Quando todos chegaram em casa, o cão assustado mantinha alguma distância de seus pais. No entanto, com o passar dos dias, algo começou a mudar.

Assim que Benji percebeu que estava realmente em segurança, começou a sair de sua concha. O cachorro aterrorizado se transformou no cão doce e brincalhão que seus pais sempre souberam que ele seria.

“Ele gosta de lamber nossos rostos e brincar com seus brinquedos”, disse Williams.

Foto: Jessica Williams
Foto: Jessica Williams

Agora, Benji adora passar o tempo com sua família e seus pais estão felizes em ter ajudado um filhote em necessidade.

Toda a reserva e distância de Benji era na verdade medo e insegurança de sofrer tudo pelo que passou novamente. As ruas são duras com os cães abandonas e sem lar.

Ao pensar em aumentar a família com um membro peludo lembre-se sempre de adotar nunca comprar cachorros, afinal animais não são produtos para serem comprados.

Foto: Jessica Williams
Foto: Jessica Williams

Muitas ONGs e abrigos possuem milhares de animais à espera de um lar, e esses seres sencientes são capazes de sentir e oferecer um tipo de amor único: o incondicional.

Permita-se desfrutar a vida ao lado de um animal, a sensação de carinho e o vínculo desenvolvido são incomparáveis. Somente quem vive isso, é que pode dizer.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DOÇURA

EXTINÇÃO

SONHO REALIZADO

CARIBE

POLÍTICA AMBIENTAL

SÃO PAULO

AÇÃO HUMANA

TRAGÉDIA

MASSACRE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>