Criação de pugs não será mais permitida na Holanda


Por David Arioch

Agora o governo vai começar a exigir que a legislação seja cumprida | Foto: Pixabay

De acordo com informações da Animal’s Health e do Vet Times, o governo holandês vai cobrar a partir deste ano o cumprimento de uma lei que proíbe a criação de 20 raças de cães com focinhos muitos curtos, entre eles o popular pug.

A justificativa é que animais que possuem focinho com comprimento inferior a um terço do crânio desenvolvem facilmente problemas respiratórios e cardíacos. Categorizados como braquicefálicos, cães como pugs são criados para terem um maxilar inferior normal e um maxilar superior recuado.

A consequência dessa predileção estética é que eles nascem com estenose, ou seja, narinas muito estreitas; além de hipoplasia traqueal, palato mole solto na garganta e problemas oculares. Também sofrem de hipertermia e têm maior facilidade de desenvolvimento de doenças periodontais em decorrência do estreitamento dos dentes.

Na Holanda, a lei que proíbe a criação de cães braquicefálicos como pugs, buldogues ingleses e franceses existe desde 2014, mas somente agora o governo vai começar a exigir que a legislação seja cumprida.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA

RECEPÇÃO

FINAL FELIZ

SEM FERIMENTOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>