Filhotes de pato são flagrados mastigando bituca de cigarro em reserva natural


Foto: Kennedy News
Foto: Kennedy News

A foto de uma família de patinhos tentando comer uma ponta de cigarro descartada, capturada por uma fotógrafa da vida selvagem causou revolta nas mídias sociais após ser postada online. A imagem apresenta um flagrante dos impactos danosos da poluição humana ao meio ambiente.

Kym Welsh, de 45 anos, esperava capturar belas imagens na natureza quando três filhotes de pato saíam da água atrás de sua mãe na reserva natural de Anton Lakes, em Andover, Hampshire (EUA).

No entanto, ela ficou repugnada quando os patinhos da espécie pato-real (Anas platyrhynchos) que procuravam comida na grama junto ao lago, encontraram uma bituca de cigarro.

Foto: Kennedy News
Foto: Kennedy News

Em uma foto, um patinho olha diretamente para a câmera, enquanto segura o filtro laranja de um cigarro ja fumado, em seu bico. A bituca é passada pelos patinhos, enquanto a segunda fotografia mostra outr filhote segurando o toco de cigarro.

Felizmente, Kym afirma que os patinhos então jogaram o cigarro para o lado e seguiram a mãe para longe da água – no entanto, ela acredita que a bituca de cigarro teria matado os patinhos se eles a tivessem comido.

A fotógrafa criticou o lixo descartado dessa forma irresponsável e alegou que quem fez isso não demonstrou “nenhuma consideração” pela vida selvagem protegida na reserva natural.

Kym, de Andover, em Hampshire, disse: “Eu só acho que essa bituca jogada no meio do habitat dos patos é algo absolutamente atroz. Há lixeiras espalhadas por todo o lago para que não haja lixo jogado no chão ou descartado indevidamente. Eu estava realmente preocupada com os patinhos”.

Foto: Kennedy News
Foto: Kennedy News

“Eu me senti mal por estar tirando fotos deles, mas não havia nada que eu pudesse fazer, porque mesmo que eu não estivesse lá, eles ainda fariam a mesma coisa”

“Eu me fiquei receosa que eles ingerissem a bituca porque os cigarros contêm ingredientes tóxicos, então eu realmente esperava que eles não comessem aquele lixo deixado ali, é uma ótimo notícia que eles não fizeram isso. “Eu estava preocupado que eles estavam mastigando aquilo. Não ia ser bom para eles”.

“Era uma coisa preocupante de se ver porque eu não achava que eles se incomodariam com coisas assim, mas eles simplesmente pegavam qualquer coisa. Eu estava preocupada que eles corressem o risco de morrer”.

Quando cheguei em casa, pesquisei por pontas de cigarro e animais selvagens, e li algumas coisas sobre o assunto. “Os ingredientes tóxicos contidos no interior das pontas dos cigarros são extremamente prejudiciais aos animais se ingeridos”.

“É por isso que tirei as fotos, porque achei que mais pessoas precisavam estar cientes do impacto de suas ações na natureza”, dia Kim.

A fotógrafa espera que ao compartilhar as imagens perturbadoras, ela possa fazer os fumantes pensarem duas vezes antes de jogarem as pontas de cigarro no chão.

Kym disse: “Eu não fumo, sou um grande anti-tabagista, então isso realmente me deixou muito enojada. Como alguém pode fazer aquilo? Pense nisso”.

“Eu tinha ouvido falar que os patinhos nasceram na reserva florestal, então eu fui lá cedo, logo pela manhã”.

“Acabei de chegar ao lago, e todos estavam saindo da água com a mãe deles. Como patinhos, eles procuravam por comida o tempo todo”.

“Um achou, pegou e passou para o outro. Eles deixaram a bituca cair e saíram atrás de sua mãe de volta para a água”.

“E isso aconteceu em uma reserva natural e é por isso que esse fato realmente me incomodou, porque quando você anda por lá, o que você espera? – A natureza protegida”.

“As pessoas não deveriam simplesmente jogar fora suas bitucas de cigarro. Isso é terrível e muito perigoso para ao animais”.

Cenas como essa poderiam ser facilmente evitadas com mais conscientização e respeito tanto pelos animais como pela natureza. Além de ocuparmos seus habitats naturais o mínimo que se espera é que não os contaminemos com nossos.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE

INSPIRAÇÃO

DESCARTE IRRESPONSÁVEL

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>