Cão é salvo após ficar um dia preso em prédio que desabou parcialmente


Um cachorro foi resgatado no domingo (2) pelo Corpo de Bombeiros após passar cerca de 20 horas preso em um prédio que desabou parcialmente no bairro Maraponga, em Fortaleza, no Ceará. Duas calopsitas que estavam no local também foram salvas. Após o resgate, os animais foram devolvidos aos tutores.

Foto: Almir Gadelha/SVM

O cachorro foi resgatado após moradores verem o animal latindo na janela do quarto andar do prédio, após o desabamento. Ele tentava sair do local pela janela e demonstrava estresse. “Salva o o cachorro, salva o cachorro” gritaram pessoas que assistiam à cena.

A mobilização para salvar o cachorro teve início na noite de sábado, logo após o desabamento parcial do prédio. Moradores e protetores de animais de Fortaleza passaram a acionar órgãos públicos na tentativa de salvar o animal. Preocupada com o bem-estar do cão, uma pessoa chegou a invadir a área isolada e ir na frente do prédio para tentar salvar o cachorro, mas foi impedida pelos policiais, que a retiraram do local.

Para resgatar os animais, uma escada convencional foi usada pelos bombeiros. “Ainda bem que eu coloquei eles na gaiola, porque eles ficam dentro de casa soltos” disse um homem que recebeu as calopsitas.

A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros afirmou, por meio de nota, que equipes de Engenharia e de Salvamento do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará estivem no local do desabamento para avaliar as condições estruturais do prédio e a decidir de qual forma o resgate dos animais seria feito.

Foto: Almir Gadelha/SVM

Durante a madrugada, um dos bombeiros afirmou que ainda não havia sido possível salvar os animais porque a escada utilizada em casos como este – chamada magirus – estava quebrada. No entanto, na manhã de domingo, o coronel Wagner Maia, do Corpo de Bombeiros, disse que “não é nem o fato da escada está quebrada porque a mobilidade dela é bem difícil. É uma coisa que a gente está quase descartando porque é um equipamento grande pra ser usado em edificações muito altas e provavelmente não se aplicaria aqui, mas a gente está estudando as possibilidades mais simples e mais eficientes”.

Devido ao risco de desabamento do restante da estrutura, o edifício foi isolado pelos bombeiros e todos os moradores do imóvel, que tem quatro andares e fica na Travessa Campo Grande, foram retirados do local. Além disso, 12 casas localizadas nas proximidades do edifício também foram evacuadas. Pelo menos seis carros e algumas motocicletas ficaram soterrados.

Veja o vídeo do momento em que o cão é entregue à tutora pelos bombeiros:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. Doe agora.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>