Britânico faz sucesso com imitação de peixe à base de flor de banana marinada em algas


Por David Arioch

“Peixe vegano” com fritas, uma das opções oferecidas pela Sutton no leste de Londres (Foto: Reuters)

O britânico Daniel Sutton, proprietário da Sutton and Sons Fish & Chips, uma empresa familiar do ramo alimentício com diversas filiais pelo Reino Unido, decidiu incrementar o cardápio de opções veganas no início de 2019.

E o resultado em sua loja no leste de Londres foi tão positivo que de lá pra cá a sua maior dificuldade é atender a demanda. “Nós pensamos em produzir algo vegano e ver como é. O resultado foi muito bom, então introduzimos um cardápio completo”, diz Sutton.

Na realidade, o empreendedor decidiu ir um pouquinho além. Esta semana ele está abrindo uma filial da Sutton and Sons Fish & Chips dedicada aos veganos – e com uma cozinha onde não entra nada de origem animal.

A loja também fica no leste de Londres, que Daniel Sutton qualifica como uma região moderna e com a maior demanda por restaurantes veganos. Das opções no cardápio, o destaque da atualidade é o “peixe vegano” à base de flor de banana marinada em algas marinhas.

Esses ingredientes são à base do alimento, mas o sabor surge a partir de uma planta litorânea que os ingleses chamam de samphire, mas que no Brasil conhecemos como salicórnia – que se popularizou depois que Shakespeare a citou na tragédia “Rei Lear”.

Com essa combinação, Sutton tem feito sucesso entre os veganos, embora nem todo mundo concorde que o gosto seja de peixe.

“Não acho que tem gosto de peixe, mas eu definitivamente comeria mais. Tem um sabor melhor do que peixe com batatas fritas e é um bom alimento”, disse à gerente de arrecadação de fundos, Cat Thomas, que foi convidada a experimentar o prato, segundo a Reuters. A Sutton também oferece alternativas ao camarão, além de veggie burgers, “linguiças veganas”, etc.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SUSTENTABILIDADE

NEGLIGÊNCIA

SOFRIMENTO

PORTO ALEGRE (RS)

INSENSIBILIDADE

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>