Mulher prende cão e gato em compartimento de depósito alugado


Foto: Ermolaev Alexander/Shutterstock
Imagem meramente ilustrativa | Foto: Ermolaev Alexander/Shutterstock

Infelizmente, são inúmeros os casos em que animais são submetidos a condições terríveis por seres humanos. Para citar apenas alguns deles noticiados recentemente: Cala, uma cadela mista de pit bull era mantida em uma coleira tão curta, que sufocava sempre que se sentava. Liam, foi abusado, negligenciado e mantido em uma corrente por anos.

Outro cão lindo e saudável foi mantido acorrentado a uma parede por 15 anos a quem nunca foi dado sequer um nome. E agora um cão e um gato foram descobertos em Calgary, no Canadá, em uma unidade de armazenamento, mais especificamente um depósito alugado, onde estavam sendo mantidos por seu tutor.

Uma mulher de 21 anos de idade, residente da cidade Calgary, no Canadá, prendeu um cachorro e um gato em uma unidade de armazenamento de compartimentos por locação remunerada.

Eles estiveram lá fechados por pelo menos um dia inteiro antes de um funcionário das instalações do depósito ouvir os gritos e ganidos dos animais vindos dos compartimentos internos.

A polícia chegou para atender ao chamado de emergência e encontrou um cão misto de pit bull em uma caixa e um gato doméstico de pêlo curto em outra. A boca e a cabeça do gato estavam presas com fita adesiva, presumivelmente para impedir que o animal fizesse barulho.

Ambos estavam desidratados e o gato teve uma lesão na córnea causada pela fita, ou provavelmente por tentar tirar a fita. Felizmente, os animais receberam tratamento médico, melhoraram e foram adotados algumas semanas depois.

Recentemente, a mulher recebeu a punição pelo tratamento cruel desses animais. Ela esta proibida de possuir qualquer animal por 15 anos e deve pagar uma multa de 250 dólares. Embora a multa seja muito baixa, a proibição de 15 anos é muito mais alta do que essas proibições de sentenças costumam ser, que é de cerca de três a cinco anos.

Brad Nichols, da ONG em defesa dos direitos animais Calgary Humane Society, diz: “Que o gato tenha sido encontrado já é um milagre, quanto mais ter sobrevivido a este incidente enterrado sob os pertences pessoais da ex-tutora, preso em um recipiente de plástico, com a cabeça colada por fitas, é inacreditável. A proibição total de possuir, cuidar ou residir com animais por 15 anos é significativa. Minha esperança é que o julgamento de Zychowski melhore significativamente nesse período”.

Espera-se que a criminosa aprenda algo com a punição e que a sentença dada sirva de exemplo e impeça outros de fazerem coisas semelhantes, mostrando a todos que os animais devem ser tratados com respeito e dignidade.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>