ENCONTRO INESPERADO

Gatinho filhote abandonado é resgatado com cadarço amarrado ao seu pescoço

Laces venceu o abandono, o trauma de humanos e o quase enforcamento, para virar notícia na televisão e se tornar parte da família da apresentadora do jornal

Foto: Paws Crossed Animal Rescue
Foto: Paws Crossed Animal Rescue

Timofey Yuriev estava dirigindo por uma rua em Yonkers, Nova York (EUA), quando viu com o canto dos olhos alguma coisa muito pequena rastejando lentamente por uma calçada movimentada. Assim que ele percebeu que era um gatinho, Yuriev soube que tinha que parar e ajudá-lo.

“Havia um ponto de ônibus e pessoas andando por ali, mas ninguém estava prestando atenção no pequeno gatinho”, disse Yuriev ao The Dodo. “Então eu parei imediatamente porque ele estava rastejando para a rua e seria morto pelas carros, e quando cheguei perto o suficiente do gatinho, vi que ele tinha um cadarço amarrado firmemente em volta do pescoço”.

Yuriev ficou chocado e enojado quando percebeu que alguém havia amarrado cruelmente um cadarço no pescoço do gatinho indefeso, e rapidamente começou a tentar desatá-lo. O pobre gatinho ficou absolutamente apavorado depois de tudo pelo que passou e se recusou a olhar nos olhos de seu salvador.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Laces com cadarço no pescoço | Foto: Paws Crossed Animal Rescue
Laces com cadarço no pescoço | Foto: Paws Crossed Animal Rescue

Demorou cerca de cinco minutos até que Yuriev pudesse desatar completamente o cadarço e finalmente libertar o gatinho, mais tarde chamado de Laces.

“Assim que eu libertei o gatinho, ele começou a miar em seguida”, disse Yuriev. “Ele não conseguia nem miar antes pois o cadarço estava muito apertado em volta de seu pescoço. O felino começou a gritar um pouco, ainda muito assustado. Ele não tentou me arranhar nem nada, ele estava muito fraco, então eu o coloquei no carro e ele tentou subir o mais longe que pôde para a escuridão, se escondendo sob o assento”.

Depois de resgatar pequeno Laces, Yuriev levou-o diretamente para ONG Paws Crossed Animal Rescues, para que ele pudesse receber a ajuda e os cuidados necessários. Todos no abrigo ficaram consternados ao ouvir sobre a história do gatinho, e não ficaram surpresos que ele estivesse com tanto medo de todos e de tudo ao seu redor. O veterinário estimou que ele tinha cerca de 2 meses e meio de idade, e além de estar abaixo do peso, estava realmente em bom estado, considerando toda a situação.

Laces em seu novo lar | Foto: Paws Crossed Animal Rescue
Laces em seu novo lar | Foto: Paws Crossed Animal Rescue

“Ele estava muito magro, desidratado e com alguns arranhões”, disse Julie Potter, gerente de negócios e desenvolvimento da Paws Crossed Animal Rescue, ao The Dodo. “Principalmente ele estava muito, muito assustado e completamente inseguro ao redor das pessoas – mas você pode culpá-lo?”

No entanto, apesar de tudo o que ele passou, não levou muito tempo para que Laces começasse a se aproximar de todos os seus novos amigos, e logo todo o abrigo se apaixonou perdidamente por ele. Quando descobriu que adorava abraçar e ser acariciado, ele se tornou dócil com todos e ninguém ficou surpreso quando, apenas uma semana e meia depois de chegar ao abrigo, ele já tinha uma nova família em potencial.

Lisa Salvadorini e Laces | Foto: Paws Crossed Animal Rescue
Lisa Salvadorini e Laces | Foto: Paws Crossed Animal Rescue

Lisa Salvadorini, âncora do programa News 12 Westchester, estava lendo uma história que sua emissora fez sobre Laces e imediatamente se apaixonou. Ela sabia desde o momento em que o viu que ele deveria ser um membro de sua família.

“Eram 5 da manhã e eu estava lendo as notícias da manhã”, disse Salvadorini ao The Dodo. “Eu vi seu rostinho fofo e disse para minha co-âncora: ‘Eu preciso trazer esse gatinho para casa!’ Todos no estúdio, até mesmo as pessoas que não gostavam de gatos, se encantaram pelo pequeno Laces e acharam uma ótima ideia”.

Naquele mesmo dia, Salvadorini foi ao Paws Crossed Animal Rescue para encontrar Laces, e confirmou suas suspeitas de que ele deveria ser seu gato. Seus dois filhos nunca tiveram um gato antes, e ela estava confiante de que Laces seria o melhor primeiro gato que uma família poderia desejar.

Lisa, Laces e a equipe da ONG | Foto: Paws Crossed Animal Rescue
Lisa, Laces e a equipe da ONG | Foto: Paws Crossed Animal Rescue

Como Laces ainda é muito jovem, Salvadorini o levou para casa como um “lar temporário para adoção posterior”, e uma vez que ele alcance aidade de ser castrado, ela e sua família podem tornar oficial a adoção. Salvadorini decidiu não contar aos filhos sobre Laces até que ela o trouxesse para casa, e eles ficaram tão surpresos e radiantes quando a mãe deles entrou com um gatinho que não queriam nada mais do que ficar ao lado dele para sempre.

“Foi uma grande surpresa”, disse Salvadorini. “Eles estavam em choque por terem um gatinho na família! Meus filhos tinham lágrimas de alegria nos olhos quando o conheceram pela primeira vez. Eles o inundaram de amor desde então”.

Laces em seu novo lar | Foto: Paws Crossed Animal Rescue
Laces em seu novo lar | Foto: Paws Crossed Animal Rescue

Laces já se acomodou completamente em sua casa e não poderia estar mais feliz com sua família. Ele adora conhecer todos os amigos e vizinhos e depois de ouvir sua história, todo mundo fica chocado com o quão alegre e brincalhão ele é. Laces não deixou seu passado afetá-lo, e agora ele tem uma vida inteira de felicidade pela frente para viver com sua nova e amorosa família.

“O abrigo deu a ele o nome de Laces (laços, de cadarço, na tradução livre)”, disse Salvadorini. “Nós amamos isso, porque agora transformamos algo negativo em algo positivo!”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui