Filhote de urso pode ser condenado a morte por ser amigável demais com humanos


Foto: Daily Mail/Reprodução
Foto: Daily Mail/Reprodução

Um filhote de urso tornou-se tão amigável com os esquiadores e snowboarders no resort Northstar, na Califórnia (EUA), que corre o risco de ser vítima de morte por indução.

O dócil e jovem urso marrom se mostra muito amigável, é brincalhão, não tem medo da presença humana e foi filmado subindo em pranchas de snowboard e cheirando jaquetas de esqui no resort.

Aaron King, frequentador do local, escreveu no Facebook há apenas dois dias: “Conheci um urso que estou ensinando a praticar snowboard”.

Mas, embora a simpatia do filhote possa parecer fofa de início, especialistas em vida selvagem dizem que se sentir confortável em torno dos humanos é tão perigoso que eles podem ter que matá-la por isso.

Ann Bryant, diretora executiva da Bear League, disse à NBC: “Este filhote se aproximou das pessoas porque ela não aprendeu nada diferente disso”.

Foto: Daily Mail/Reprodução
Foto: Daily Mail/Reprodução

Bryant disse à emissora: “Digamos que ela volte à vida selvagem e cresça e acrescente cerca de 4 a 100 quilos ao seu peso”.

“Ela é grande, forte e ainda acha que pode se aproximar das pessoas? Isso não vai ser bom e alguém vai acabar atirando nela”, disse a diretora.

O Departamento de Pesca e Vida Selvagem da Califórnia removeu o filhote de urso da estação de esqui para que ela possa ser analisada.

Após esses testes serem concluídos, eles podem decidir que o urso deve ser morto.

Bryant acredita que a mãe do filhote provavelmente morreu e isso significou que ela buscou conforto ou comida em humanos.

A destruição de habitats desses animais selvagens provocada pela ocupação humana causa situações como esta, em que um bebê sem ter pais que o orientem e protejam procura conforto na espécie mais próxima.

Foto: Daily Mail/Reprodução
Foto: Daily Mail/Reprodução

Matar o urso é desconsiderar o valor da vida, é resolver o problema de forma cruel e desumana, é se livrar de um ser indefeso que precisa apenas de orientação e conforto.

A vida em um santuário com outros de sua espécie proporcionaria ao jovem urso a possibilidade de aprender o que não conseguiu por ter sido privado de sua pelos mesmos humano que agora querem tirar sua vida por considera-lo um problema.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>