Cão morre após inalar fumaça em dois incêndios em casa no RJ


Um cachorro da raça yorkshire morreu após a casa onde ele vivia ser afetada por dois incêndios na quarta-feira (8), em Porto Real, no Rio de Janeiro. O cão não resistiu depois de inalar muita fumaça. A residência está localizada na avenida Dom Pedro II.

Foto: Pixabay / Ilustrativa

O Corpo de Bombeiros informou que, num primeiro momento, as chamas tiveram início às 5 horas e foram combatidas. No entanto, quatro horas depois, três novos focos de incêndio surgiram na mesma casa, fazendo com que a equipe retornasse ao local para novamente combater o fogo.

De acordo com os bombeiros, havia muita roupas e móveis na residência e isso contribuiu para que as chamas se alastrassem. As informações são do G1.

Ainda segundo a corporação, na casa vive um casal de idosos. A mulher sofreu queimaduras leves no rosto e foi levada para o Hospital de Porto Real. De acordo com a unidade médica, ela teve queimaduras de primeiro e segundo graus na parte de cima da cabeça, mas apresenta estado de saúde estável. Ela permanecerá internada para evitar uma infecção devido à falta de pele.

O Corpo de Bombeiros não soube informar qual foi a causa do incêndio, nem onde o fogo começou.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>