Equipes organizam detalhes da transferência do chimpanzé Black para santuário


Ativistas e funcionários da Prefeitura de Sorocaba (SP) se reuniram na sexta-feira (3) para tratar dos últimos detalhes da transferência do chimpanzé Black do Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” para o Santuário dos Primatas. A transferência do animal, que tem 48 anos e já foi maltratado e explorado em um circo, será realizada na segunda-feira (6).

Black (Foto: Arquivo pessoal)

Ativistas afirmaram que equipes da prefeitura e do santuário trabalharão em conjunto na operação de transferência. O objetivo é transportar o animal sem fazer uso de sedativo, induzindo Black a entrar na gaiola onde ficará durante o percurso. As informações são do portal G1.

Em um primeiro momento, o chimpanzé deve ser mantido sozinho em um recinto, até que seja feito o processo de socialização com outros animais.

A transferência de Black foi decretada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), em atendimento a uma ação judicial movida pela Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA) e pela Associação Sempre Pelos Animais de São Roque.

Santuário para onde Black será levado (Foto: Arquivo pessoal)

Black vive aprisionado no zoológico, sendo explorado para entretenimento humano, há 40 anos. No santuário, ele viverá em um espaço mais adequado e não será tratado como um objeto em exposição. O local é uma propriedade particular mantida pela família fundadora.

Afiliado ao Great Ape Project/Projeto dos Grandes Primatas (GAP), o santuário já havia recebido Black em 2014, porém de forma temporária, apenas para que o zoológico pudesse fazer uma manutenção na jaula em que o animal vivia.

De acordo com os ativistas, o período em que o chimpanzé ficou no santuário foi importante para a socialização dele com outros animais da espécie que vivem no local, dentre eles, a companheira Margarete.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

DEBILITADO

DECISÃO JUDICIAL

INSPIRAÇÃO

DENÚNCIA

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

RETROCESSO

RESPONSABILIDADE

SOLIDARIEDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>