Casal de fazendeiros americanos abandona a criação de galinhas e passa a cultivar cogumelos


Foto: VegNews/Reprodução
Foto: VegNews/Reprodução

O casal de fazendeiro Jennifer e Rodney Barrett, agricultores do Arkansas (EUA), começaram recentemente a fazer a transição de suas fazendas de criação de frango e vacas para uma fazenda vegana de cogumelos depois de aprender sobre os benefícios de um estilo de vida baseado em vegetais.

Em 2011, o casal iniciou uma mudança de comportamento com o objetivo de melhorar sua saúde depois que Rodney foi diagnosticado com colite ulcerativa, e Jennifer sofria de artrite, depressão, obesidade e hipertensão.

Como parte de sua jornada, o casal aderiu a um programa de alimentação baseada em vegetais de três semanas. “Quando o programa foi concluído, senti-me como uma pessoa totalmente nova”, disse Jennifer. “Minha mente estava tão nítida e clara. Além disso, eu estava dormindo como um bebê. Eu tinha muita vitalidade, energia e alegria. Nós dois fizemos. Foi revolucionário, mas ao mesmo tempo surgiram milhões de perguntas na minha cabeça”.

À medida que aprendiam mais sobre o estilo de vida vegano, começaram a questionar seus últimos 18 anos trabalhando com criação de animais onde esses seres especiais e sencientes eram mortos para comidos. “Era tão frustrante saber que todo esse sofrimento, mortes e decadência – essa situação de holocausto – era tão desnecessária, mas ainda assim existia”, disse Jennifer.

“Comecei a ver as galinhas de maneira diferente. Eu nunca realmente olhei para eles como indivíduos antes, mas meu coração começou a doer de verdade quanto mais eu via seu terror e sofrimento. De repente, eu as vi como pássaros, não como produtos.

O casal cancelou seu contrato de produção de aves para consumo e parou de criar e vender bois e vacas, e iniciou a transição para a produção de cogumelos com a ajuda da ex-pecuarista Renee King-Sonnen, do Programa de Advocacy da Rancher’s – que oferece apoio e soluções inovadoras para os fazendeiros que estão abandonando a agropecuária.

Site reúne relatos de ex-fazendeiros que se tornaram ativistas veganos

Uma organização criou um site para que experiências de antigos fazendeiros de todo o mundo que reconheceram a crueldade cometida contra animais explorados para consumo humano e agora são ativistas veganos fossem publicados.

A iniciativa da organização Free From Harm de publicar perfis dos ex-fazendeiros foi uma maneira de expor a realidade das fazendas de criação, muitas vezes veladas pelos interesses das grandes indústrias de carnes e laticínios.

Foto: Pixabay)
Foto: Pixabay)

Os criadores de animais são pessoas que veem diariamente com seus próprios olhos o que acontece com os animais criados para consumo de ovos, carne e laticínios. Essas experiências na agricultura animal transformaram muitos deles em defensores dedicados dos animais e os estimularam a adotar uma dieta totalmente vegana.

Como exemplo, Bob Comis relatou que transformou sua fazenda de porcos e ovelhas em uma fazenda de vegetais veganos. Howard Lyman também decidiu que o vasto terreno onde ele e seus familiares criavam gado para carne e laticínios seria muito melhor usado como um santuário de vida selvagem.

Estes são apenas dois exemplos das muitas transformações incríveis da vida real, disponíveis no siteda Free From Harm.

Além de lutarem pelo bem da justiça aos animais, essas pessoas lutam também para o bem das pessoas e do planeta. A agricultura animal é responsável por uma imensa quantidade de poluição, perda de habitat e destruição ambiental. O desmantelamento desta indústria será fundamental para garantir um mundo habitável para as gerações futuras.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>