Xuxa apoia campanha contra testes em animais na indústria cosmética


Xuxa, que se tornou vegana há pouco mais de um ano, declarou hoje apoio à campanha global contra testes em animais na indústria cosmética idealizada pela organização Humane Society International (HSI). No Brasil, a iniciativa conta com a parceria da organização Te Protejo.

Intitulada “Liberte-se da Crueldade”, a campanha convida os brasileiros a contribuírem assinando a petição disponibilizada no site libertesedacrueldade.org. Assim que a campanha conquistar um bom número de apoiadores, o documento será apresentado ao Congresso Nacional.

A campanha também conta com o apoio das modelos Fernanda Tavares e Ellen Jabour, além da YouTuber Nátaly Neri e do blogueiro Jonas Maria.

“Ainda em 2019, coelhos, porquinhos-da-índia, ratos e camundongos são cegos, envenenados e mortos para que sejam testados ingredientes de uso cosmético usados em produtos desde shampoos até batons e perfumes. A beleza não deveria custar tão caro”, justifica a campanha.

No Brasil, segundo a HSI, três entre quatro brasileiros são contra a realização de testes em animais na indústria cosmética. Estados como o Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará e Amazonas já não permitem a prática, assim como 40 países.

Para contribuir com a campanha, clique aqui.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRATAMENTO MÉDICO

PROGRESSO

GANÂNCIA

DESTRUIÇÃO AMBIENTAL

COREIA DO SUL

VEGANISMO

PRESSÃO PÚBLICA

RESILIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>