Uma das últimas vaquitas do mundo é encontrada morta no México


O animal foi encontrado desfigurado em San Felipe, no Golfo Da Califórnia, no México (Foto: Sea Shepherd)

Uma das últimas vaquitas do mundo foi encontrada morta no México há exatamente um mês pela Sea Shepherd. Enquanto a organização de conservação da vida marinha patrulhava o chamado Refúgio das Vaquitas em San Felipe, no México, eles encontraram uma rede de pesca ilegal por volta das 15h.

Junto à rede havia um animal branco não identificado. A princípio, os envolvidos no resgate pensaram que se tratava de um peixe marinho da espécie totoaba, já que os dois têm praticamente o mesmo tamanho e são endêmicos do Golfo da Califórnia.

No entanto, o animal, que já estava desfigurado, era realmente uma vaquita. A avaliação da carcaça foi feita pela cientista da Sea Shepherd, Laura Sánchez, e pela equipe do capitão Octavio Carranza, que enviaram fotografias e material genético para confirmar em laboratório a identidade do espécime mais tarde entregue às autoridades do governo.

Atuando no Golfo da Califórnia desde 2015, como parte da Operação Milagro, a Sea Shepherd revela que já encontrou 36 mamíferos marinhos presos em redes ilegais de emalhar. Nove eram cetáceos e apenas um sobreviveu – uma baleia jubarte.

Em março, o Comitê Internacional para a Recuperação da Vaquita (Cirva) publicou um relatório informando que é possível que existam apenas 10 vaquitas no mundo. A maior causa do risco de extinção é a pesca ilegal no Golfo da Califórnia, onde a morte das vaquitas é um efeito colateral da pesca de totoaba, espécie de peixe com bexigas natatórias que têm alto valor comercial na China.

Em reação à situação, o diretor Richard Ladkani e o ator e produtor Leonardo DiCapriouniram forças para produzir o documentário “Vaquita – Sea of Ghosts”, que foi aclamado no Sundance Film Festival, em Park City, Utah, em fevereiro.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DADOS ALARMANTES

MAUS-TRATOS

DESMONTE AMBIENTAL

ZOOFILIA

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>