Baleia é encontrada morta com feto e 22 kg de plástico no estômago


Uma baleia foi encontrada morta com um feto em estado avançado de decomposição e 22 kg de plástico no estômago em uma praia na Sardenha, na Itália, na última semana. O animal pertencia à espécie cachalote, era fêmea e tinha aproximadamente 8 metros de comprimento. Ela foi encontrada em Porto Cervo, uma região turística e bastante populosa.

Foto: SeaMe Sardenha

Entre os lixos encontrados no estômago da baleia, estava um recipiente que ainda tinha código de barras visível. Havia também rede de pesca, saco de lixo e até uma cápsula de colocar líquido em máquinas de lavar roupas. As informações são do Portal R7.

A causa da morte do animal ainda é desconhecida, mas uma autópsia já foi realizada. Exames toxicológicos, conforme disse à CNN a equipe do SeaMe Sardenha (Associação Educacional Ambiental), ainda serão feitos e devem indicar o motivo da morte.

O presidente da equipe SeaMe, Luca Bittau, suspeita que “a cachalote abortou antes mesmo de encalhar morta, devido ao estado de composição do feto, que já estava em nível avançado”. O tempo de gestação, no entanto, não foi revelado. Nesta espécie, a gravidez pode durar de 14 a 16 meses.

Outro caso

No início de março, uma baleia foi encontrada morta com 40 kg de plástico no organismo. O caso aconteceu nas Filipinas.

Há uma semana, o governo europeu sancionou uma legislação que vai proibir o uso de plástico descartável a partir do ano de 2021.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>