RESGATE

Operação é montada para salvar filhote de cachorro preso a cano

O cachorro recém-nascido foi encontrando na rua com a cabeça presa ao cano.

Uma operação de emergência entre o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar (PM) foi montada na segunda-feira (18), em Recife (PE), para salvar um filhote de cachorro que prendeu a cabeça em um cano de ferro. O animal estava abandonado nas proximidades do Quartel da PM, no bairro do Derby, na região central do município.

O filhote foi encontrado por dois policiais, que o levaram até o Quartel Central dos Bombeiros, localizado nas proximidades do local onde estava o animal.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Uma equipe do Corpo de Bombeiros utilizou uma ferramenta microrretífica para retirar o cano da cabeça do cachorro. Quatro militares da corporação atuaram no resgate. As informações são do portal G1.

O filhote, que é recém-nascido, foi solto nas proximidades do Quartel do Derby após os bombeiros tirarem o cano que o prendia.

“Nos deparamos com esse tipo de coisa muito frequentemente, mas a sensação sempre vai ser de dever cumprido. Conseguimos salvá-lo totalmente íntegro, sem nenhum ferimento. Usamos um pano molhado para evitar que ele se queimasse, já que a ferramenta, ao cortar o cano, esquenta”, explicou o tenente-coronel Francisco Cantarelli.

Nota da Redação: se a soltura o filhote ocorreu na rua, configurando abandono, conforme levam a crer as informações repassadas pela reportagem do G1, a ANDA expõe total repúdio à decisão do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. O trabalho de resgate, feito para retirar o cano que prendia a cabeça do filhote, salvou a vida do animal, mas abandoná-lo na rua o condenaria novamente ao risco de morte. É inaceitável, portanto, que órgãos que devem prezar por salvar vidas tomem tal atitude contra um recém-nascido, totalmente indefeso e frágil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui