Havaí está perto de proibir testes em animais para produtos cosméticos


Foto: Adobe

Ao longo dos anos, o Havaí tem se mostrado mais compassivo com os animais e preocupado com o futuro do planeta.

Só em 2018, o estado proibiu a exploração de animais selvagens em circos e fechou uma fazenda de laticínios por irregularidades ambientais.

Já em 2019, ele está a um passo de proibir o comércio de pele animal e agora avançou significativamente para abolir também o uso de animais em testes para produtos cosméticos.

De acordo com a Cruelty-Free International , a Lei de Cosméticos sem Crueldade do Havaí (HB 704, que foi apresentada pela representante Chris Lee e visa acabar com a venda de cosméticos testados em animais no estado depois de 2020) passou na Câmara e agora vai para o Senado para consideração. As informações são do Plant Based News.

A Cruelty Free International, que trabalha com a The Body Shop para testar animais para cosméticos, apoia a Lei, que diz que traria o Havaí à Califórnia, à UE e a outros 30 países para impedir a venda de cosméticos testados em animais. As organizações aconselham as pessoas que vivem no Havaí a escrever para o senador estadual, pedindo-lhes que apoiem o projeto.

Alternativas éticas

“Hoje, métodos modernos de testes não animais que são mais rápidos e melhores para prever a resposta humana do que os testes em animais que eles substituem estão amplamente disponíveis”, disse Monica Engebretson, Gerente de Campanha para a Crueldade Internacional na América do Norte. As informações são do Plant Based News.

“Nosso sucesso em acabar com testes desnecessários em animais em outros países e estados prova que é possível uma mudança positiva. Agradecemos à representante Lee por apresentar este projeto de lei e à Câmara por seu apoio esmagador e pedir ao Senado que faça o mesmo.”

“Por mais de 20 anos, a The Body Shop tem feito campanhas para proibir testes em animais em cosméticos e estamos imensamente orgulhosos do impacto que fizemos na mudança da lei na União Européia”, disse Andrea Blieden, gerente geral dos EUA no The Body Shop.

“Como líder na indústria de beleza global, gostaríamos de ver todos os estados nos EUA finalizando os testes de cosméticos em animais”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

NEGLIGÊNCIA

SOFRIMENTO

PORTO ALEGRE (RS)

INSENSIBILIDADE

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>