Filhote de cachorro que corria risco de morte sobrevive ao ser adotado por gata


Noland, um cachorro recém-nascido, foi abandonado na rua em Clevand, no estado norte-americano de Ohio. Correndo risco de morte, ele foi resgatado e levado para o abrigo da Cleveland Animal Protective League. A vida dele, no entanto, foi salva por uma gata.

Foto: Cleveland Animal Protective League

Preocupados com a possibilidade do filhote não resistir, os funcionários da entidade decidiram fazer algo que, apesar de não ser convencional, era a única esperança deles: colocar o cachorro com a gata Luerlene e os quatro filhotes dela. As informações são do portal I Love My Dog.

Para alívio dos integrantes do abrigo, a gata não rejeitou o cachorro. Pelo contrário, ela o adotou como se ele fosse um dos filhotes dela e passou a cuidar dele o tempo todo, observando-o de forma vigilante e deixando-o dormir ao lado dos gatos recém-nascidos que ela havia dado à luz há pouco tempo.

O amor maternal de Lurlene foi milagroso. Sem ele, o filhote poderia ter morrido, devido a sua fragilidade.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CANADÁ

ABRAÇO ANIMAL

DENÚNCIA

JAPÃO

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>