Cão é salvo após viver acorrentado com focinho preso com fita adesiva


Um cachorro da raça golden retriever viveu anos sendo submetidos a extremos maus-tratos. Frequentemente espancado, ele vivia acorrentando, sem comida e muitas vezes com o focinho preso com uma fita adesiva.

Foto: Animal Advocates Society

A crueldade imposta a ele era tamanha que, aos poucos, o cachorro foi desenvolvendo depressão. Em um dia específico, ele latiu de forma histérica e, em seguida, deitou-se no chão e ficou imóvel, visivelmente deprimido.

Sabendo que logo o cachorro morreria se continuasse a suportar a negligência e os maus-tratos dos tutores, um casal vizinho decidiu invadir o quintal da casa onde ele morava para resgatá-lo. As informações são do portal I Love My Dog.

Foto: Animal Advocates Society

Após o resgate, o cachorro passou a ser chamar Alfie. Os novos tutores sabiam o animal era vulnerável e sensível devido às violências que viveu, mas sempre se mantiveram pacientes e amorosos com o cão, ajudando-o a se recuperar dos traumas que mantinha.

Com o tempo, Alfie passou a confiar na família e começou a desfrutar da nova vida. O cão que antes vivia acorrentado, agora vai a piqueniques na praia e se diverte em passeios com os tutores. Ele, inclusive, ganhou até um brinquedo, provavelmente o primeiro que já teve na vida.

Foto: Animal Advocates Society

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>