Dia Mundial da Água: a fonte da sobrevivência de todos os seres vivos


Foto: Pixabay

Anualmente, o Dia Mundial da Água é comemorado no dia 22 de março. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 22 de fevereiro de 1992 com o objetivo de conscientizar a população mundial sobre a importância dos recursos hídricos para a sobrevivência de todos os seres vivos do planeta.

Lançado recentemente, o último Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos reforça o acesso à água como condição inalienável aos direitos humanos e esmiúça a lamentável relação entre exclusão social e privação de recursos hídricos básicos. Estima-se que aproximadamente 2,1 bilhões de pessoas não possuem acesso à água potável.

Foto: Pixabay

Em uma tentativa de debater formas de contornar as desigualdades, a ONU lançou a campanha “Água Para Todos”, com o objetivo de incentivar cada país a sugerir propostas e atividades para conscientizar a população sobre a importância da preservação da água para a manutenção dos ecossistemas e do planeta.

É possível fazer a diferença com pequenas escolhas diárias. Dados da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) apontam que apenas a agropecuária é responsável por 70% do consumo de água do planeta, seguida pela industria, que consome 22%, enquanto o uso doméstico, que fica com a menor parcela, apenas 8%.

Divulgação

Soluções como consumir produtos de empresas sustentáveis que possuam comprovadamente compromisso com o meio ambiente, abolir o consumo de carne e outros produtos de origem animal e evitar o desperdício garantirão não só que as gerações futuras tenham acesso aos recursos hídricos, mas também contribuirá ativamente para que o acesso à água seja democratizado e se torne universal.

Sem água, não há vida. Não espere a fonte secar para agir. Juntem-se à ANDA e defenda os animais. Clique aqui e saiba como ajudar.

 

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROGRESSO

GANÂNCIA

DESTRUIÇÃO AMBIENTAL

COREIA DO SUL

VEGANISMO

PRESSÃO PÚBLICA

RESILIÊNCIA

RECOMEÇO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>