Homem flagrado agredindo cão diz que ganhou R$ 10 para matar o animal


Um homem de 27 anos afirmou, após ser flagrado apedrejando um cachorro, que recebeu R$ 10 da tutora do animal para matá-lo. O crime de maus-tratos aconteceu em Santa Cruz do Sul, no Rio Grane do Sul, no domingo (17), no bairro Faxinal Menino Deus. O caso foi registrado em uma delegacia.

Foto: Pixabay / Ilustrativa

De acordo com o boletim de ocorrência, a Brigada Militar foi acionada na noite de domingo para atender a uma ocorrência de maus-tratos a animais. Foram moradores do bairro que, após flagrar a agressão contra o animal, acionaram a polícia. As informações são do portal GAZ.

Uma moradora, que preferiu não ser identificada, disse que os vizinhos ouviram gritos do cachorro e foram investigar o que estava acontecendo. Em um espaço com mato, ao final da rua, eles encontraram o homem agredindo o cão. O agressor foi contido pelos moradores e a polícia foi acionada.

Ao ser questionado pela polícia, o agressor indicou o local onde enterraria o cachorro vivo. Ele disse ainda que recebeu R$ 10 da tutora do animal, que pediu para que ele “desse um fim” no cachorro. Quando a polícia chegou, o animal já não estava no local, pois havia sido levado pela mulher que o tutela.

O agressor, então, levou os policiais até a casa da mulher, que confessou ter pedido para o homem dar um sumiço no cachorro sob a alegação de que ele estava doente. A dupla, que foi levada à delegacia para registro e ocorrência, deve responder criminalmente pelo crime de maus-tratos.

O Canil Municipal de Santa Cruz do Sul foi acionado, mas não foi possível salvar o animal, que acabou morrendo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL

INESPERADO

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>