Walter Bond: “Os animais são inerentemente melhores que os seres humanos”


“Minha posição dentro dos direitos animais sempre foi e sempre será consistentemente ‘extrema’” (Foto: Walter Bond Website)

Os animais são inerentemente melhores que os seres humanos. Para esclarecer, quando digo “animais”, isso é apenas uma abreviação de “toda a vida no planeta, menos nós”. E por “inerentemente melhor”, quero dizer coletivamente, e na maioria das vezes individualmente, mais importante para o funcionamento saudável do planeta do que nós. Os animais são muito mais civilizados, muito mais intuitivos e muito menos perversos e indignos que a raça humana.

Minha posição dentro dos direitos animais sempre foi e sempre será consistentemente “extrema”. Se você quer um monte de moralismo e ética, leia um pouco de Gary Francione ou Peter Singer. Eu sou um misantropo e essa é a minha postura quanto à Libertação Animal. A vida dos animais deve ser exaltada e protegida a todo custo, seja como for! E por décadas é isso que a Animal Liberation Front, a Animal Rights Militia e outras têm feito sob o manto da escuridão e clandestinamente.

A Animal Liberation Front (ALF) teve início na Inglaterra em 1976. Foi formada a partir de outro grupo chamado “Band Of Mercy”, que não estava menos preocupado com a Libertação Animal, mas não estava disposto a ir tão longe quanto a ALF. Em resumo, a ALF já não se preocupava com a lei.

Se resgatar um animal implica invasão de propriedade privada, roubo ou dano à propriedade, que assim seja. Inicialmente, a ALF tinha um escritório e era centralizada. Isso a tornou um alvo fácil para a aplicação da lei, e logo os membros da ALF começaram a ser presos. Foi quando ocorreu uma mudança brilhante na organização. A ALF descentralizou e fez os termos de afiliação assim:

Qualquer pessoa que seja vegana ou vegetariana, que liberta animais de locais de risco ou causa dano econômico àqueles que lucram com a exploração animal, mas sem ferir nenhum ser humano ou animal, tem o direito de se considerar parte da Animal Liberation Front.

Walter Bond (Lone Wolf) em “True Animal Liberation”. Bond é um ativista dos direitos animais que cumpre pena em uma prisão federal desde 2010 por ações diretas que causaram danos econômicos a uma fábrica de peles, uma fábrica de couro e um restaurante que servia foie gras nos Estados Unidos. Bond deve ser libertado em 2020.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>