Cãozinho abandonado estende a pata pedindo ajuda e ganha um novo lar

Foto: Kylina Turner

Quando Kylina Turner viu Caro pela primeira vez, ela não sabia que o que parecia uma pacote de pele era na verdade um cachorro.

“Eu pensei que ele era um bicho de pelúcia”, disse Turner ao The Dodo.

“Ele estava completamente estático olhando para mim. Eu pensei que deveria verificar e enquanto eu andava até ele, seu ouvido se mexeu.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

“Fiquei completamente chocada ao perceber que era um animal”, acrescentou Turner, “ainda mais um vivo”.

As patas de “Caro” estavam amarradas com arame em uma no quintal de uma propriedade em Austin, Texas. Fraco demais para libertar-se, Caro sabia que Turner era sua única esperança – então ele estendeu a patinha.

“Ele não estava com medo de mim e não fez nenhum som”, disse Turner.

“Ele apenas observou o que eu estava fazendo com um olhar vazio. Acho que ele sabia que eu ia ajudá-lo”.

Turner ficou aterrorizado ao tocar no cachorro esquelético e tirou o suéter para envolver em volta de sua pequena estrutura de 18 quilos, antes de levantá-lo cuidadosamente da cama. Turner ficou chocada com a confiança do jovem cão.

“Ele seguiu bem ao meu lado enquanto caminhávamos para o meu carro, onde ele imediatamente adormeceu, finalmente se sentindo seguro”, disse ela.

Com medo de que o filhote estivesse doente demais para suportar o percurso de 20 minutos até o abrigo de animais mais próximo, Turner decidiu ir direto ao veterinário. Quando ela chegou, a equipe fez com que ele ficasse estável e, no processo, se apaixonou pelo cachorro de seis meses.

Foto: Kylina Turner

“Os técnicos veterinários me disseram que o manteriam lá e juntariam seu dinheiro para pagar a recuperação”, disse Turner. “Naquela noite eu comecei um GoFundMe for Caro .”

Um exame revelou que o cão jovem estava desnutrido, queimado pelo sol e desidratado, e tinha o pior caso de sarna que o veterinário já tinha visto.

Não tendo certeza se Caro sobreviveria ao tratamento médico, Turner tinha o hábito visita-lo mas o cão mal conseguia se mexer.

“Durante a semana em que Caro estava no veterinário, eu o visitava e checava diariamente. Os técnicos estavam sempre muito empolgados com as menores coisas – ‘Ele ergueu a cabeça hoje’.” Ele caminhou para o outro lado do canil hoje, “Ele conseguiu comer comida sólida hoje”. Foi de partir o coração”.

Apesar de quão pouco Caro podia interagir com o ambiente, Turner se viu apegada ao cachorrinho doente. Ela decidiu que, uma vez que Caro deixasse o veterinário, ela iria adotá-lo até que ele recuperasse sua força.

Uma vez que ela o pegou, é claro, as coisas não foram bem como planejadas.

“Não demorou muito até que percebi que não seria capaz de dar a Caro o que ele precisava”, disse Turner.

“As primeiras duas semanas foram muito difíceis. Meu cachorro de 7 anos de idade, Casey, não estava muito interessado em perder seu título de filho único, mas eles rapidamente se tornaram melhores amigos”.

Turner deu a Caro banhos medicinais para tratar sua sarna e lhe deu pequenas refeições quatro vezes ao dia para ajudá-lo a engordar. Lentamente, Caro se transformou.

Foto: Kylina Turner

Seu grosso pelo marrom e preto começou a crescer e a cada quilo que ganhava, começou a parecer cada vez mais um jovem pastor alemão saudável.

Graças ao compromisso de Turner, Caro é um cachorro completamente novo.

“Ele tem agora nove meses de idade e 50 quilos, com o pelo mais macio e fofo e absolutamente saudável”, disse Turner.

Embora Caro não se pareça mais fisicamente com o cãozinho que Tuner encontrou, por dentro ele ainda é o mesmo cão confiante daquele primeiro dia.

“Ele tem a maior disposição de qualquer cão que eu já possuí ou conheci”, disse Turner.

“Ele é o cão mais confiante e ama pessoas, incluindo crianças … ele é um bebezinho submisso que nunca late apesar de ser um pastor alemão ‘assustador'”.

Foto: Kylina Turner
Foto: Kylina Turner

Meses depois, Turner está tão feliz por ter resgatado Caro que não consegue mais imaginar a vida sem ele.

“Caro nos trouxe mais felicidade do que eu imaginei ser possível”.

“Ele é um cãozinho muito engraçado e estamos constantemente rindo de algo que ele está fazendo.”

Claramente, Caro está muito feliz também.

“Quando sua energia diminui, ele se transforma no mais doce ursinho de pelúcia”, acrescentou Turner.

Foto: Kylina Turner

“Eu durmo enrolada em volta dele na minha cama e ele não se move a noite toda.”

Acompanhe as aventura de Caro no Instagram!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui