Cão extremamente desnutrido é salvo após viver acorrentado por 5 anos


Um cachorro da raça pit bull que viveu cinco anos acorrentado, preso a um poste em meio à lama, sem proteção para chuva e alimentação adequada, foi resgatado extremamente desnutrido em Columbus, no estado norte-americano do Mississippi.

(Foto: Reprodução / Histórias com Valor)

O cão foi entregue à equipe do Shaw Pit Bull Rescue, uma ONG que cuida de pit bulls abandonados e maltratados. Com mais de vinte quilos abaixo do peso ideal e todas as costelas aparecendo, o animal foi resgatado com feridas por todo o corpo. As informações são do portal Histórias com Valor.

Após receber o cachorro, a equipe do abrigo decidiu entrar em contato com o tutor que o manteve em condições deploráveis. Na conversa, o homem afirmou que o nome do cão era “Cachorro Ruim”, sendo esta a única forma usada por ele para chamar o animal. Disse ainda que o cachorro não tinha permissão para se aproximar de crianças e nunca tinha convivido com outros animais. Negligenciado e maltratado, ele não ia ao veterinário há anos.

(Foto: Reprodução / Histórias com Valor)

“Então desistimos. Nós desligamos o telefone e fizemos o que fazemos ”, escreveu a ONG no Facebook. “Nós amamos ele. Nós nos importamos com ele. Nós o aquecemos por dentro e por fora. E tentamos secá-lo da melhor maneira possível. Então prometemos a ele que ele nunca mais será chamado de ‘Cachorro Ruim’”, completou.

O cão recebeu, então, o nome “Fênix”. Ele está em tratamento médico e, enquanto se recupera, tem recebido muito amor e carinho dos integrantes da entidade.

(Foto: Reprodução / Histórias com Valor)

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>