Prefeitura de Abre Campo (MG) recolhe cachorros e os abandona em lixão


A Prefeitura de Abre Campo, em Minas Gerais, recolheu cachorros em situação de rua e os abandonou em um lixão que fica a cerca de três quilômetros do centro do município. O caso revoltou moradores da cidade. Imagens mostram os cachorros amarrados em um caminhão e, depois, solto em meio ao lixo. Há também um vídeo de uma moradora chorando ao saber que um cachorro comunitário que vivia no bairro tinha sido levado.

(Foto: Cão Sem Dono / Divulgação)

“No último dia 12 de fevereiro começou a circular no Whatsapp fotos que denunciam maus-tratos e animais jogados no lixão e fomos apurar e descobrimos que era em Abre Campo, quando entramos em contato com o órgão responsável pelo recolhimento dos animais, nos foi informado que um dos cães havia mordido alguém e por isso foi buscado, mas não faz sentido, vocês resgata um animal da rua e joga no lixo?”, contestou Vicente Define, diretor da Cão Sem Dono, ONG de proteção animal que denunciou o caso.

Vicente esteve no lixão e, segundo ele, as condições são ruins e os maus-tratos são nítidos. “Os animais estão no meio do lixo, outros estão amarrados em um local fechado, sem água e sem comida”, contou. As informações são do portal O Tempo.

A ação da prefeitura é fruto da falta de campanhas de castração, segundo o diretor da entidade. Ele afirma que o caso se repete em outras cidades do país. “As prefeituras não implantam uma campanha de castração para evitar que mais animais nasçam e sejam abandonados na rua”, criticou Vicente, que fez um apelo para que a administração municipal resgate os animais levados para o lixão e os disponibilize para adoção.

“Precisam resgatar esses animais e façam eventos de adoção. E que a prefeitura peça apoio da população para que esses animais consigam ter um lar. São cerca de 20 animais que a gente espera que tenha um destino mais digno do que o lixo”, ressaltou.

(Foto: Cão Sem Dono / Divulgação)

Na internet, a Prefeitura de Abre Campo foi duramente criticada. “Como uma prefeitura faz isso com os animais? Isso é um exemplo de péssima gestão de um prefeito. Claramente despreparado para o cargo pois se tem coragem de fazer isso imagina o que mais não deve fazer. Queremos respostas sobre os animais. São vidas. Isso é crime”, escreveu uma internauta.

A denúncia sobre o caso foi compartilhada em rede social pela professora e ativista pelos direitos animais Duda Salabet, que foi candidata ao Senado pelo PSOL nas eleições de 2018. O deputado Osvaldo Lopes também se pronunciou. Ele afirmou que fez um pedido no Ministério Público para que o caso seja investigado e que entrou em contato com o prefeito de Abre Campo, Márcio Nogueira (PT), mas não obteve retorno.

A prefeitura emitiu nota por meio da qual negou maus-tratos aos animais. Disse ainda que os cachorros foram encaminhados para uma área específica da usina de compostagem da cidade devido a incidentes nos quais esses animais morderam moradores do município. A administração municipal disse que os cães serão submetidos a exames e que rechaça toda e qualquer forma de agressão a animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>