Menina de 4 anos faz cartazes com desenho à mão achar seu cão perdido e o encontra


Cartazes foram colados pelo bairro com a ajuda do avô | Foto: Arquivo pessoal

Cartazes foram colados pelo bairro com a ajuda do avô | Foto: Arquivo pessoal

Um cartaz de “procura-se” com o desenho à mão de um cachorro ganhou repercussão nas redes sociais, em Boa Vista, no último fim de semana. O anúncio foi feito pela tutora do animal, Maria Luiza Sena, de apenas 4 anos, que, determinada a reencontrar seu poodle Belo, preparou os cartazes e espalhou pelas ruas.

A avó da menina, Maria Isabel Sena, conta que Belo fugiu de casa na última quarta-feira (6), por volta das 7h30, no bairro Pricumã, zona Oeste de capital, quando o avô saiu para trabalhar. Ao saber do sumiço, a menina não pensou duas vezes e decidiu preparar os anúncios.

“Ela ficou triste e com dó ao mesmo tempo. Então, ficou fazendo desenhos do Belo quase a tarde inteira. Fez vários cartazes. Depois colocou tudo dentro de um saco, pôs a mochilinha nas costas e chamou o avô para pregá-los pelo bairro”.

O avô ainda tentou convencê-la de substituir o desenho à mão por uma foto do cachorro no anúncio, mas ela insistiu no desenho, pois na foto que eles tinham o cachorro estava peludo e recentemente havia sido tosado.
Pouco tempo depois de saírem pelas ruas colando os cartazes com a neta, os avós recebem uma ligação informando que o cachorro havia sido localizado.

Segundo a avó, o cachorrinho foi encontrado por uma mulher. Ela o resgatou e foi avisada que ele estava sendo procurado por crianças que viram os cartazes de Maria Luiza.

“Primeiro ela ficou estática, em seguida sorriu muito com ar de muita felicidade em tê-lo de volta. O Belo por sua vez demonstrou muita alegria com movimentos circulares em volta da Maria Luiza e muitos latidos”, relatou a avó sobre o reencontro de Belo e Maria.

Repercussão

A imagem que mostra um dos cartazes com o desenho feito à mão pela menina foi compartilhada na página da Associação Roraimense de Cuidados Animais (Arca) e comoveu internautas.

“Que imagem mais linda. Tô feliz que o Belo voltou para casa e para o amor da Maria Luiza”, disse uma internauta. “Onde curte 50 vezes?”, postou outra.

Belo foi achado por uma moradora do bairro e entregue à Maria Luiza | Foto: Arquivo Pessoal

Belo foi achado por uma moradora do bairro e entregue à Maria Luiza | Foto: Arquivo Pessoal

Na publicação, a tia da criança, Iza Sena, tranquilizou os internautas sobre o aparecimento do cãozinho. “Achamos (o Belo) graças a insistência dela para sair pelo bairro colando esses cartazes que ela fez”, comentou.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>