Australiano usa bebê tubarão para fumar erva


Foto: YouTube / Ky Sinh
Foto: YouTube / Ky Sinh

Você pode fazer um bong (aparelho com entrada e saída de ar, utilizado para fumar qualquer tipo de erva, normalmente cannabis, tabaco e derivados) de praticamente qualquer coisa. Desde garrafas de bebida até brinquedos ou enfeites, enfim, algo em que se possa enfiar um canudo e inalar a fumaça da erva aquecida. Recentemente, um pescador australiano transformou um bebe tubarão em um bong. Ao colocar uma saída de ar em formato de cone na cabeça do animal morto e outra em formato de puxador de ar em sua barbatana, Billy Brislane criou o que poderia ser chamado de “o primeiro bong de tubarão” do mundo. Ele ainda postou um vídeo onde faz uso do bong ao som da música Tubarão Bebê tocando ao fundo. Como não poderia deixar de ser, isso causou intensas reações nas mídias sociais.

Billy, que é moderador de um grupo popular do Facebook chamado Fried Fishing (Pesca Frita, na tradução livre), se tornou conhecido fazendo bizarrices como essa. Sua página tinha mais de 25 mil seguidores quando esse artigo foi escrito, e está lotada de vídeos de mau gosto, como um em que ele pendura um caranguejo em seus mamilos e um peixe em seu pênis. Ele é basicamente o Stevie-O* da comunidade de pesca australiana. Porém, as imagens do bong de tubarão mexeram realmente com os internautas, causando severas críticas nos vários comentários postados em diversas mídias sociais.

“Os seres humanos precisam fazer melhor do que isso. Os tubarões não são troféus, brinquedos ou cachimbos … Que vergonha dessa pessoa e de qualquer outra que pense que isso seja remotamente normal”, dizia um comentário. Outra pessoa escreveu: “Você só pode estar louco”.

Em defesa própria, Billy respondeu ao seus detratores avisando que o tubarão havia sido “pego por engano por seu amigo quando os dois estavam pescando no sábado” e que “era tabaco” o que ele estava fumando no vídeo.
“Depois de duas noites em que o tubarão ficou na caixa de gelo foi que eu tive essa ideia”, ele disse. “Não havia nenhuma possibilidade dele estar vivo”.

Outras pessoas entraram no debate adotando uma linha de argumento similar, dando ênfase ao fato de que o tubarão já estava morto quando Billy o transformou em um bong. “Eu não entendo porque as pessoas ficaram tão ofendidas”, escreveu uma pessoa no Facebook. “Não se pode fazer piada sobre nada mais”

Não é primeira vez que Billy atrai a atenção para si mesmo. No mês passado, ele apareceu nas manchetes do jornal New South Welshman depois de capturar cinco tubarões grandes no rio Macleay, perto de Coffs Harbour – alguns dos quais ele afirmou que tinham arraias, filhotes de tubarões e golfinhos dentro de seus estômagos. Desde então, ele anunciou que planeja “sair das mídias sociais” em função das fortes reações causadas pelo bong de tubarão, mencionando ter recebido mensagens abusivas e até ameaças de morte, além de estar preocupado com sua própria saúde mental. Em um post posterior, ele afirmou que as reclamação em andamento levaram os policias ate a casa dele.

“Eu só quero agradecer ao bando de covardes que reclamou ao ponto da polícia vir atrás de mim”, ele escreveu. “Honestamente eu desisto”.

Steve-O*: protagonista da série americana exibida na televisão “Jackass” onde os participantes expunham-se a situações de perigo real para conseguir audiência, entre elas grampear o próprio escroto a perna, tatuar uma caricatura de si mesmo nas costas


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>