Rapper Big Boi usa casaco de pele no Super Bowl e é criticado por ONG


A PETA, organização internacional de defesa dos direitos animais, criticou o rapper Big Boi por usar um casaco de pele no show feito no intervalo do Super Bowl LIII, no último domingo (3).

Imagem: Kevin Winter/AFP

“Nossos corações afundaram quando você [Big Boi] subiu ao palco com um casaco de peles. Você tem fãs, muitos fãs aqui na PETA e em todo o país; fãs que amam a sua música e ficaram emocionados quando você foi anunciado como uma das atrações. Podemos convence-lo de que será sua última aparição com um casado de pele?”, questionou a entidade em um comunicado ao site TMZ.

A entidade pediu ao cantor que os casacos de pele dele fossem doados para a entidade para que fossem redistribuídos para pessoas em situação de rua e refugiados sírios. As informações são do UOL.

“Prometemos enviar um lindo casaco de pele ‘falsa’ que mostra que nenhum animal precisou morrer. Os animais precisam de você no time deles, o que diz?”, escreveu a ONG em carta assinada por Rachel Stotts.

A entidade já teve a mesma postura com artistas como Mariah Carey e Sharon Osbourne – que foram convencidas pelo apelo da PETA e doaram os casacos de pele à ONG.

Até o momento, o rapper não respondeu ao pronunciamento da organização de direitos animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>