Homens reconhecem os benefícios da alimentação vegana


No grupo de 60 homens que participaram do estudo; 20 eram obesos, 20 foram diagnosticados com diabetes tipo 2 e os outros 20 eram considerados saudáveis. Foram oferecidas refeições veganas e não veganas, cada uma contendo quantidades iguais de calorias e proporção de macronutrientes.

Foto: Shutterstock

Segundo os pesquisadores, foram as refeições veganas que deixaram os homens mais satisfeitos, porque aumentaram os níveis de hormônios gastrointestinais benéficos.

Produzido no estômago, pâncreas e intestino delgado, os hormônios gastrointestinais estão presentes na corrente sanguínea e controlam uma variedade de funções corporais, incluindo digestão e absorção de nutrientes. Eles também responsáveis pela sensação de satisfação alimentar.

“Nossos resultados indicam que há um aumento nos hormônios intestinais e na saciedade, após o consumo de uma única refeição à base de vegetais com tofu quando comparados com carne e queijo processados ​​com energia e macronutrientes em homens saudáveis, obesos e diabéticos”, disse a equipe de pesquisa, liderada por Marta Klementova, do Instituto Tcheco de Medicina Clínica e Experimental.

“Além de ajudar você a saber quando se sente satisfeito, os hormônios gastrointestinais ajudam a controlar o ganho de peso; regulam o metabolismo da glicose, o balanço de energia e a secreção de insulina”.

Segundo o Haaretz, a pesquisadora Hana Kahleova explicou:  “Escolhas simples nas refeições podem aumentar a produção desses hormônios e ​​tem implicações importantes para aqueles com diabetes tipo 2 ou problemas de obesidade”. As informações são do LiveKindly.

Dieta vegana e a diabetes tipo2

Este não é o primeiro estudo a indicar que seguir uma dieta vegana pode ajudar pessoas que sofrem dessa doença.

Um estudo clínico, realizado no Instituto Nacional de Diabetes e Endocrinologia na Eslováquia, revelou que o novo plano alimentar – a Dieta de Interação com Alimentos Naturais – está tendo um efeito profundo no tratamento da diabetes tipo 2.

A dieta Natural Food Interaction é uma abordagem baseada em vegetais, criando um plano de dieta personalizado que mistura e associa diferentes alimentos em combinações com efeitos fisiológicos poderosos.

Foto: Reprodução | Instagram

Estudos prévios mostraram reversões significativas em pacientes que sofreram de diabetes por até 29 anos,

Outro estudo também afirma que além de administrar a saúde física, a comida vegana pode reduzir o risco de depressão para pacientes com diabetes tipo 2 pelo fato do paciente sentir que te mais controle sobre o corpo.

Anastasios Toumpanakis, principal autor desse este estudo explicou:  “Nós diríamos que as pessoas com diabetes tipo 2 seguindo uma dieta baseada em vegetais podem ser mais felizes porque, como os estudos sugerem, a maioria descobriu que através desse padrão alimentar eles podem ter um melhor controle de sua condição”.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA

VITÓRIA

INVESTIGAÇÃO

FLÓRIDA

JAPÃO

AVANÇO

COMPORTAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>