Leite vegano é compra básica para quase 50% dos americanos


Quase metade dos americanos que consomem laticínios compraram leite de vaca e também de vegetais nos últimos seis meses, segundo relatórios da Food Navigator.

Foto: @oatly

A pesquisa com 2.006 adultos, feita pela IPSOS, encomendada pela Dairy Management Inc., revelou que 48% dos americanos compram variedades de leite vegano.

Mais da metade (51%) das pessoas que compram os dois tipos de leite acreditam que o vegano oferece mais ou igual qualidade proteica aos lácteos. As informações são do LiveKindly.

O resultado surpreendeu alguns nutricionistas, disse a Food Navigator, já que os consumidores sempre preferiram a proteína láctea para nutrição. Em geral, os compradores duais perceberam que a saúde geral é mais importante para a compra de leite à base de plantas do que os laticínios.

A mudança do mercado

A marca de leite vegano dos EUA, Elmhurst Milked, criava vahttps://www.oatly.com/int/cas leiteiras. Foi uma das fazendas leiteiras de maior duração e maior atividade na cidade de Nova York. Mas, à medida que o mercado mudou, as vendas começaram a cair, e a marca tomou a decisão de fechar sua fazenda de gado leiteiro e entrar no crescente mercado de leite vegetal, onde agora é considerado um dos líderes da categoria.

“O leite vegetal tem uma pegada de carbono muito menor do que os laticínios” , disse o dono da Elmhurst, Henry Schwartz, ao Sierra Club . “Também é mais ético para os animais.”

“Seja por meio de investimento de capital ou por outros meios, as empresas terão que evoluir suas ofertas para acompanhar as demandas e tendências do consumidor”, disse Schwartz.

O gosto do mundo por leite vegano

As pessoas ao redor do mundo estão mais sedentas do que nunca por leite vegetais. Em outubro passado, foi relatado que mais de 30% dos californianos preferem o leite vegano ao lácteo.

No Reino Unido, as vendas de leite à base de vegetais subiu 30% entre 2015 e 2017. Também em 2017, os australianos compraram mais de US$ 200 milhões de leite vegano.

Foto: Instagram

Uma série de fatores está impulsionando está demanda. Os consumidores estão mais consciente do que nunca da crueldade das indústrias de laticínios, que inclui a retirada de bezerros de suas mães e processos dolorosos usados ​​para produzir e coletar leite para consumo humano.

As questões sustentáveis também estão inspirando os consumidores a abandonar os laticínios. A indústria está ligada a altas emissões de gases de efeito estufa, à degradação dos recursos hídricos locais e à perda de biodiversidade.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>