Cães são mantidos com focinhos amarrados em casa no Loteamento Vinhedo (RS)


Mais um caso de maus tratos revoltou a comunidade de Bento Gonçalves na terça-feira passada (15).

Dois cães foram encontrados com os focinhos amarrados com fita em uma casa no Loteamento Vinhedos. O proprietário do imóvel foi autuado e irá responder criminalmente por maus-tratos aos animais.

Foto: Divulgação Notícias de Bento

De acordo com o secretário municipal do Meio Ambiente, Claudiomiro Dias, o caso foi descoberto na manhã do dia15, na Rua Luiz Zorzi, no Loteamento Vinhedos. Ainda na segunda-feira, 14, a secretaria havia recebido denúncias de que os maus tratos vinham acontecendo. Os fiscais da secretaria foram até o local e encontraram dois animais com os focinhos amarrados com fita crepe.

Segundo o secretário, não havia ninguém no local. Mesmo assim, foi deixada uma notificação de autuação ao proprietário. O tutor dos cães terá 72 horas para ir até a Secretaria Municipal do Meio Ambiente para dar explicações sobre o fato. Além disso, será feito um boletim de ocorrência policial e ele irá responder pelo crime de maus-tratos aos animais.

Maus-tratos e abandonos acontecem diariamente em Bento Gonçalves

O secretário Claudiomiro Dias destaca que, infelizmente, este é um caso até brando de maus tratos ocorrido na cidade. Diariamente, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente recebe denúncias de violência contra animais e também vários casos de abandono. Dias relembra que há alguns dias, funcionários da Secretaria do Meio Ambiente conseguiram salvar um cachorro que ficou mais de uma semana trancado dentro de uma garagem no bairro Zatt.

“Chegamos ao local a tempo de salvá-lo. Ele estava desnutrido, com fome e sede, rodeado por fezes”, destaca o secretário.

Em muitos casos, os tutores de animais abandonam seus cães em matas, deixando-os amarrados e a própria sorte, sem comida e água. A maioria é encontrada, mas, em muitos casos, eles acabam morrendo abandonados e sem que ninguém saiba.

O secretário do Meio Ambiente espera que com a criação do Conselho Municipal do Bem-estar Animal as coisas mudem um pouco. Ele destaca principalmente a questão de atendimento a animais feridos ou atropelados que precisam de cirurgia.

“Muitas vezes nós da secretaria fazemos uma vaquinha para pagar o tratamento dos animais nas clínicas. O mesmo trabalho, em escala muito maior, é feito pelas ONGs da cidade. Se tivéssemos um fundo de reserva para auxiliar seria interessante, pois os casos não param de acontecer, cada dia mais”, finaliza Claudiomiro Dias.

Fonte: Notícias de Bento


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTELIONATO

MALDADE

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA

REVERSÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>