Músico vegano Moby anuncia candidatura à presidência dos EUA


Vegano e ativista pelos direitos  animais, o cantor Moby anunciou sua candidatura à presidência dos Estados Unidos. Ele aproveitou a publicação para criticar os antigos e o atual presidente do país, além de pedir que os eleitores tenham consciência na hora do voto.

“Sou completamente desqualificado (mas isso não impediu Trump ou George W. Bush)”, escreveu em seu texto no Instagram. Ele também afirmou que não fará campanha ou arrecadará fundos.

(Crédito: moby/Instagram)

Crítica

Moby pediu que os eleitores se atentem aos problemas que devem ser discutidos nos próximos governos. Ele citou os subsídios governamentais às indústrias que “envenenam as pessoas”, como a do tabaco, da pecuária e a produção de óleo.

O músico utilizou a plataforma para pedir que seus fãs escolham um candidato que não seja ele, mas alguém que esteja mais preparado que Trump. “Eu concorrerei ao cargo de presidente desde que não precise fazer campanha e que ninguém vote em mim”, afirmou.

Ele encerrou o texto exaltando que cada voto de seus fãs são válidos. “Por favor, não desperdice seu voto em uma celebridade ou em candidatos de terceiros”, pediu.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

POLUIÇÃO SONORA

MAUS-TRATOS

DEBILITADO

DECISÃO JUDICIAL

INSPIRAÇÃO

DENÚNCIA

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

RETROCESSO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>