A ONG ProVeg International divulgou um vídeo pressionando a Organização das Nações Unidas (ONU) para incluir a pecuária em sua agenda de combate às mudanças climáticas. A ONU está realizando a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP24), em que discute o assunto.

O vídeo denuncia as cinco maiores empresas de carnes e laticínios dos Estados Unidos. Segundo a ONG, elas emitem mais gases do efeito estufa que as maiores petrolíferas. Além disso, a campanha mostra que, se os consumidores americanos substituíssem a carne por grãos, o país seria capaz de alcançar 75% dos objetivos climáticos até 2020.

Papel da ONU

“A ONU tem o poder de unir as nações para combater a mudança climática e priorizar políticas mais efetivas Obviamente, a indústria de combustíveis fósseis precisa ser contida e árvores precisam ser plantadas”, defendeu a diretora da ProVeg Jasmijn de Boo ao VegNews.

“No entanto, com o crescimento populacional, os ganhos de uma transição para a dieta baseada em plantas é enorme. Uma das soluções mais efetivas para a mudança climática pode ser servida no prato, com opções deliciosas”, completou.

Representantes da ONG devem se encontrar com representantes dos países na COP24. O objetivo da conserva é encorajar discussões mais profundas a respeito dos impactos da pecuária no clima.