ACIDENTE

Cadela é salva após prender a pata em motor de carro em Uberaba (SP)

A cadela e outro cachorro que permaneceu no local no momento do resgate buscam um novo lar.

Cadela prendeu uma das patas no motor de um Fusca (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Uma cadela que prendeu uma das patas no motor de um carro em Uberaba (SP) foi salva na última segunda-feira (24) após uma moradora da cidade acionar o Corpo de Bombeiros. A cadela e outro cão, que se manteve no local no momento do resgate, buscam agora um novo lar.

Cadela prendeu uma das patas no motor de um Fusca (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

A nutricionista Marcela Rodrigues da Rocha foi quem encontrou a cadela. Ela saía de casa quando escutou um choro vindo debaixo de um Fusca. As informações são do portal G1.

“Eu acho que ela tentou esconder de uma forte chuva que teve aqui e a patinha prendeu. Como eu não consegui tirá-la, chamei os bombeiros e eles foram super atenciosos e chegaram muito rápido”, contou. O trabalho de resgate durou cerca de meia hora.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

A cadela, segundo Marcela, demonstrava estar assustada e com medo. Por isso, os bombeiros recomendaram que  o outro cão abandonado, que se aproximou no momento do resgate, fosse mantido no local para tentar fazer com que a presença dele a acalmasse.

Bombeiros salvaram cadela que ficou presa a motor de carro (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Após ser resgatada, a cadela correu na direção da nutricionista. “Quando a vi me lambendo e aquele olhar de gratidão, eu realmente entendi que ela estava me falando muito obrigada”, comentou Marcela, que providenciou água e ração para os animais.

Defensora da causa animal, Marcela adotou recentemente uma cadela com cinco filhotes – que foram doados a outras famílias. Apesar de ter vontade de adotar os dois cachorros, a falta de condições para isso a impediu. Por essa razão, ela providenciou uma caixa para os animais dormirem e colocou em frente à casa dela. Marcela tenta, agora, encontrar adotantes para a dupla.

Cão acompanhou resgate de cadela (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

“Tentei divulgar nas redes sociais. Eu acredito muito no que esses animais fazem por nós. São seres evoluídos. São humanos e talvez mais gente que a gente”, defendeu.

Interessados em adotar os cães devem entrar em contato com Marcela pelo telefone (34) 9 9998-7306.