Chineses são presos no Zimbábue por posse de chifres de rinocerontes


Sete chineses foram presos pela polícia do Zimbábue, no último dia 23, na cidade de Victoria Falls, pela posse de chifres de rinocerontes. A notícia foi divulgada pela imprensa local na última quarta-feira (26). Os homens têm entre 25 e 35 anos e ficarão presos até 3 janeiro, quando audiências sobre o caso serão iniciadas.

Rinoceronte-branco em parque do Quênia (Foto: Mary Schwalm/AP)

Uma funcionária de um hotel localizado no bairro Aerodrome informou as forças de segurança sobre o caso. “A Polícia chegou com uma ordem de busca e entrou no estabelecimento na manhã do domingo”, explicou o promotor Bhekimpilo Tshabalala, em entrevista ao portal “New Zimbabue”.

Os policiais encontraram 20 quilos de chifres dentro de bolsas de plástico. Os itens, que custaram a vida de inúmeros rinocerontes, são avaliados em US$ 1 milhão. A procedência, segundo o G1, é desconhecida até o momento.

No Zimbábue há de 700 a 800 rinocerontes. Eles vivem em reservas particulares e parques nacionais e são vigiados por um grande esquema de segurança devido ao precário estado de conservação da espécie, que corre risco de ser extinta.

Na última semana, o governo local lançou uma campanha – protagonizada pela atriz Danai Gurira, a “Okoye” do filme “Pantera Negra” –  contra a caça de rinocerontes.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>