Lewis Hamilton incentiva seus 8,8 milhões de seguidores no Instagram a adotar o veganismo


O piloto campeão de Fórmula 1 e vegano Lewis Hamilton compartilhou uma forte mensagem de direitos animais em seu Instagram.

Hamilton fez duas publicações, se dirigindo aos seus 8,8 milhões de seguidores.

“Os animais possuem valores dos quais poucos humanos têm”, escreveu ele em uma delas. “Nós fechamos os olhos para a dor e tortura que colocamos neles”.

Ele aponta em como os animais são mortos para benefícios e produtos de consumo do ser humano. “Cada pedaço de carne, frango ou peixe que você come, cada pedaço de couro ou pele que você usa, veio de um animal que foi torturado, afastado de suas famílias e brutalmente morto”.

“Todos nós temos escolhas a fazer e se você está bem com isso, então é por sua conta. Mas eu escolho amar, ter consciência do que estou apoiando e me recuso a apoiar as empresas que compram dessas empresas matando e torturando animais”, ele afirma.

O campeão de fórmula 1 utilizou das redes sociais para publicar mensagem pró-vegana (Foto: Reprodução)

A estrela também compartilhou outro post, com uma imagem de uma mãe porco descartada em uma lixeira com seus leitões.

A foto tinha escrito sobre ela dizendo: “Uma mãe e seus bebês jogados fora como lixo. Seus direitos nunca foram considerados, suas vidas nunca foram deles para viver. Este é o preço do bacon”.

Hamilton acrescentou sua própria legenda dizendo: “Todos nós temos uma voz, eu tenho essa plataforma e não usá-la corretamente seria errado da minha parte”.

“Ninguém é perfeito, eu certamente não sou, mas isso está realmente acontecendo todos os dias para tantos animais no mundo todo”.

O atleta revelou que adotou uma dieta baseada em vegetais em setembro de 2017 depois de assistir ao documentário “What the Health”.

Desde então, ele se tornou cada vez mais franco sobre os benefícios éticos, ambientais e de saúde da queda de produtos de origem animal.

“É por isso que eu decidi fazer uma dieta vegana à base de vegetais, já faz mais de um ano. Sim, é difícil, nada é fácil, mas eu me senti o melhor que já senti no ano passado”, ele escreve.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>