Jane Goodall ajuda a resgatar 26 macacos-esquilos de laboratório de testes


No início do ano, a primatologista Jane Goodall ajudou no resgate de 26 macacos-esquilo da Food Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos.

Foto: Getty Images

De acordo com a CNN, os macacos participavam de um estudo que investigou o vício em nicotina em adolescente e adultos. Ao examinar o comportamento dos macacos, os pesquisadores esperavam entender melhor como a dependência da nicotina afeta os serem humanos.

Goodall, cujo trabalho com chipanzés é reconhecido mundialmente, trabalha com o White Coat Waste Project, organização que visa acabar com os teste em animais financiados pelos contribuintes, e escreveu para o Dr, Scott Gottlieb, comissário da FDA, expressando sua preocupação. “Fiquei perturbada – e sinceramente chocada – ao saber que a FDA dos EUA ainda realiza experiência cruéis e desnecessárias em macacos.

Foto: Reprodução | Facebook

Finalizando sua mensagem ela disse: “Continuar realizando experimentos com nicotina em macacos quando os resultados do fumo em humanos são bem conhecidos, é vergonhoso.

Os esforços de Jane valeram a pena; Goodall confirmou que os testes foram interrompidos com sua correspondência e hoje os macacos vivem em um santuário primatas de Gainesville, Jungle Friends, onde serão liberados em uma ambiente ao ar livre na primavera.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA

ATROCIDADE

POLÍTICA PÚBLICA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>