Morte de mais de 6 mil peixes devido à construção de ponte faz obra ser paralisada


Após a morte de mais de 6 mil esturjões, espécie de peixe ameaçada de extinção, a construção de uma ponte foi paralisada na cidade chinesa de Jingzhou, localizada na província central de Hubei. Investigações concluíram que as mortes dos animais estão “diretamente relacionadas com os golpes, ruídos e mudanças nas correntes de água” causados pela obra.

Foto: DR

“Qualquer pessoa ou organização envolvida na morte do esturjão chinês ou na construção ilegal em uma reserva natural nacional será culpada diante da Lei de Pesca, da Lei de Proteção da Vida Silvestre e da Lei de Proteção Ambiental”, alerta o relatório do governo local. A Ponte Miyue estava sendo construída na área de turismo ecocultural de Jinan. As informações são do portal UOL.

Os peixes mortos eram mantidos na reserva Hafsheng Aquafarm, destinada à preservação da espécie. Desde o começo do ano, pelo menos 36 peixes com mais de 20 anos de idade e 6 mil de até dois anos.

A investigação feita pela Administração de Pesca do Rio Yangtsé e do Escritório de Agricultura de Hubei concluiu que parte da construção da ponte teria sido feita em área de reservar naturais nacionais, o que configura uma prática ilegal.

Esturjão chinês

O esturjão chinês é nativo do rio Yangtsé e remonta há 140 milhões de anos. O peixe está quase extinto na natureza devido à contaminação, à pesca e às construções de represas. A sobrevivência da espécie tem se dado apenas através da reprodução artificial em reservas de conservação.

Na década de 1970, o governo chinês lançou um programa de reprodução da espécie devido à constatação de cientistas de uma diminuição no número de peixes.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>