Tigres resgatados de zoo abandonado na guerra síria são reunidos novamente


Dois tigres que estavam em um zoológico abandonado cercados por animais mortos durante a guerra síria foram resgatados e reunidos pela primeira vez.

Os tigres, traumatizados e desnutridos, ficaram separados durante o seu período de recuperação. Agora que estão saudáveis, eles foram reunidos novamente.

Imagens mostram os animais caçando e provocando um aos outro, mergulhando em uma piscina de água e mastigando abóboras doces e feno perfumado.

Os animais foram reunidos após serem resgatados da guerra síria e passarem por uma recuperação (Foto: Daily Mail Online)

Sayeeda e seu irmão Sultan foram levados em segurança do que restou do zoológico Magic World of Animals, em Aleppo, no mês de agosto. Depois que a guerra começou em 2011 e os combates se intensificaram, os zeladores do zoológico abandonaram o local.

Dessa forma, a instituição de caridade austríaca Four Paws, com a ajuda do governo turco e de uma empresa de segurança local, cruzou para a Síria a partir da Turquia em agosto do ano passado para resgatar os animais.

Eles encontraram o zoológico cheio de gaiolas e complexos destruídos, com cerca de 140 animais mortos por bombas, balas, fome ou estresse.

Os tigres foram retirados do local também com três leões, dois ursos pardos asiáticos e duas hienas. A instituição admitiu que lidou com alguns “homens muito maus” para negociar a passagem segura dos últimos nove animais restantes no local.

Os animais foram retirados de um zoo abandonado durante a guerra na Síria (Foto: Daily Mail Online)

Os animais foram levados para instalações na Jordânia e, dois meses depois de sua libertação, os tigres chegaram ao centro Felida Big Cat, da Four Paws, na Holanda.

Após serem reunidos e passarem pelo processo de ressocialização, os animais serão liberados em um composto muito maior nas selvas da África do Sul.

“É incrível vê-los assim. Na natureza, os tigres são muitas vezes criaturas solitárias, mas juntar Sayeeda e Sultan novamente é uma parte crucial de sua reabilitação”, afirma Simone Schuls, da organização humanitária internacional Four Paws.

“Eles aprendem uns com os outros e ganham confiança todos os dias. Seu equilíbrio está melhorando e sua consciência geral também”.

“É ótimo assisti-los brincando um com o outro para uma melhor qualidade de vida. Mas eles ainda se cansam muito facilmente e, depois de uma sessão de brincadeiras, frequentemente caem em um sono contente. Então estamos construindo as coisas gradualmente”.

Os dois animais são vistos brincando após se reencontrarem (Foto: Daily Mail Online)

Juno Van Zon, tratador de animais que ajudou no resgate, disse: “Tigres como Sayeeda e Sultan parecem fortes e poderosos, mas às vezes, depois do trauma, eles têm problemas delicados como os humanos. É muito emocionante para mim vê-los voltando à saúde plena”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>